Posts Tagged ‘Adriano’

h1

Vagner Love e o Fla 2010

17/01/2010

Depois de uma boa novela, Vagner Love se apresentou ao Flamengo. Com honras de jogador selecionável, o clube o recebeu no salão nobre, onde ele pôde, politicamente beijar a camisa e declarar as mesmas coisas de sempre…

A pergunta é: Vagner Love será util ao Flamengo?

A resposta é simples. SIM.

Andrade mostrou que sua principal qualidade como treinador na temporada 2010 foi conseguir recuperar o futebol de alguns jogadores que vinham se perdendo. Ze Roberto, Leo Moura, Petkovic, Everton, entre outros…

O “Artilheiro do amor” palmeirense nunca se efetivou como o pseudo craque que a mídia paulista consagrou após a boa temporada disputando a série B em 2003. Foi um dos atacantes que mais chance teve com a camisa da seleção brasileira. E depois, jogando na Russia pelo CSKA Moscou, nunca despertou interesse dos grandes clubes das ligas européias mais poderosas.

Esse jogador chega ao Flamengo com o discurso de clube de coração e tudo mais… Fará, no primeiro semestre, dupla com Adriano, o craque do time, cheio de regalias. E tem qualidade para jogar saindo da área.

Bruno; Leo Moura, Alvaro, Angelim e Juan; Maldonado (Toró), Willians (Fernando), Kleberson e Petkovic; Vagner Love e Adriano.

Esse é, em tese, o time titular rubro negro para o primeiro semestre. Forte, sem dúvida…

Anúncios
h1

Bola de Prata 2009

15/12/2009

A Bola de Prata da revista Placar é a mais antiga das premiações do futebol brasileiro. Muitos craques do passado já receberam a premiação. A Bola de Ouro, premiação ao melhor jogador do campeonato, deste ano foi para o atacante flamenguista Adriano. A entrega dos prêmios aconteceu na semana passada, no Museu do Futebol, em São Paulo. maiores informações sobre o prêmio e sua história podem ser vistas aqui.

Segue abaixo a lista dos vencedores de 2009.

Goleiro: Victor – Gremio

Lateral direito: Jonathan – Cruzeiro

Zagueiros: Miranda e André Dias – São Paulo

Lateral esquerdo: Kléber – Internacional

 Volantes: Guinazu – Internacional + Pierre – Palmeiras

Meio campistas: Petkovic – Flamengo + Marcelinho Paraíba – Coritiba

Atacantes: Adriano – Flamengo + Diego Tardelli – Atlético MG

Agora é a sua vez, leitor do Fla&News. Esse ano, decidimos não realizar a eleição dos melhores da temporada já que o que não faltam são listas em todos os tipos de órgãos de imprensa. Vamos fazer diferente. A idéia é aprovar a lista dos outros… Essa lista da placar, realizada com notas jogo após jogo, é a sua lista? Se não é, quem você trocaria?

E outra pergunta… Quem foi na opinião de vocês, o craque do campeonato? A Placar elegeu o Adriano. E vocês?

Deixem comentários à vontade…

h1

O triunfo no Recife

16/11/2009

AdrianoEm Recife, Nautico 0 x 2 Flamengo.

Foi um jogo que mostrou o abismo técnico entre um equipe que luta realmente pelo título e outra desesperada, com a corda da série B no pescoço.

O Flamengo decidiu o jogo num lance especial de Adriano que Petkovic definiu. Alias, o Servio fez um raro gol feio no campeonato. Talvez o cansaço provocado pelo calor senegalesco da capital pernambucana tenha contribuído com isso ja que desta vez sua participaçao na partida foi um pouco menor em relação ao jogo passado.

Adriano ainda completou um cruzamento de Ze Roberto no fim do primeiro tempo e marcou seu 19 gol no campeonato, e rumando para a artilharia isolada da competição.

Os jogadores do Nautico tentaram de todas as maneiras insuflar a torcida. A cada encontrão, caíam no chão e pressionavam a arbitragem. A tal ponto que no primeiro tempo, quando ainda estava 1×0 para o Fla, um gol corretamente anulado chamou a atenção. Enquanto o jogador do Nautico comemorava o auxiliar levantava a bandeira e o juiz anulava o tento. Mas, tal foi a pressão pernambucana que o arbitro praticamente promoveu uma conferencia para referendar sua decisao. Jogo parado e jogadores discutindo enquanto ele ouvia os auxiliares e o quarto arbitro. Deu toda a impressao dele estar perguntando pro quarto arbitro o que a tv tinha mostrado. A situação toda foi surreal, mas pelo menos a decisao final foi correta.1365350-7440-ga

Voltando a falar do Rubro Negro.

É hora de exaltar o trabalho brilhante que o Andrade faz na direção da equipe. Os jogadores gostam dele e se esforçam para que suas idéias dêem certo. Existe uma nítida sensação de comprometimento e união. Mais ainda, o elenco que mantém a mesma base a 4 anos mostra certo amadurecimento quanto à disputa do campeonato. Ontem, o Flamengo foi frio, calculista. Fugiu da discussão e evitou a pressão que o enforcado time nordestino pretendeu fazer.

Dessa vez, o Andrade teve que improvisar Ronaldo Angelim na lateral esquerda. Acabou dando certo pois a direita foi liberada e Leo Moura teve participação ativa no jogo, na companhia de Willians.  Bruno também esteve muito bem.

Agora é hora de ter foco no objetivo. Desde 92 não temos chance tão clara. Serão 9 pontos em disputa sendo que 6 deles no Maracanã e 3 no Pacaembu com a Fiel torcendo por nós. A chance de título é real. O São Paulo FC jogará 2 fora de casa, sendo que a primeira é contra o co-irmão Botafogo, que jogará a vida para se salvar de mais um rebaixamento.

Então… O que vai rolar ao fim do Brasileirão mais sensacional dos últimos tempos. Um hexa, ou um hepta?

A conferir.

h1

Vitória que clareia o caminho

09/11/2009

Adriano de cabeçaO que era inimaginável no início do campeonato, se torna palpável a 4 rodadas do final. Pois é, o C. R. Flamengo, clube de maior torcida do país, e de administração complicada está a 2 pontos do líder e jogando bem. O Rubro Negro é a esperança de quem não agüenta mais ver o São Paulo FC levantar taças.

Na tarde de ontem, o Flamengo enfrentou um Mineirão lotado de fanáticos torcedores do Galo. Bem verdade, que torcedores acostumados a verem o Atlético Mineiro tropeçar no co-irmão carioca dentro de sua casa (Vide as vitórias de 80, 81 e 87).

Jogo difícil… Mas com aplicação e inteligência, o time de Andrade colocou a bola no chão e construiu sua vitória a partir de mais um gol olímpico de Petkovic. Detalhe, este foi o oitavo gol desse tipo na carreira do sérvio. Está provado que não é sorte…

O Atlético foi ao ataque e levou o segundo num contra ataque puxado por Ze Roberto e concluído primorosamente pelo chileno Maldonado. No fim do primeiro tempo, ainda meio atônito, o time mineiro perdeu um gol incrível com o volante Correa.

No segundo tempo, muita posse de bola do Galo. Um gol num chuveirinho e alguns contra ataques flamenguistas. Num deles, Fierro levantou a bola na medida para Adriano fechar o caixão atleticano.

Fla2009No estágio atual do Campeonato Brasileiro é impossível fazer algum prognóstico. Os rubros negros se perguntam se podem sonhar com o título. É claro que podem. O Flamengo venceu os principais postulantes ao título e conquistou vitórias improváveis, como a de ontem. O time enfrentará Nautico e Corinthians fora de casa e receberá no Maracanã o Goiás e o Gremio.

Mas, mesmo que o titulo não venha e sobre uma vaga na Libertadores, o ano já terá sido válido. O Flamengo de Andrade joga como o Flamengo de outras épocas. Encara qualquer um em casa ou fora para vencer. O resultado é importante, mas para a Nação Rubro Negra, a atitude vale muito.

Este time de 2009 construiu, em uma campanha sensacional no segundo turno do brasileirão, a oportunidade de fazer história. Só nos resta torcer.

h1

Adriano e a RAPPAziada

31/10/2009

Realmente morar em São Paulo não tem lá seus privilégios quando o assunto é o Mengão. A gente só assiste o jogo pelo Pay-per-view ou pelo tosco Justin.tv, procura bares explícitamente rubro-negros para ver o jogo pela TV com no mínimo uma cerveja, e tem que aparecer nos estádios como visitantes.

Mas olha que interessante. Apesar do pouco privilégio, e depois de visitarmos a tal da Arena Barueri, estádio recém promovido à série A e assistirmos a uma vergonhosa derrota para um time de Alphaville, no dia seguinte, fui convidado a uma festinha pra esquecer as piadas que ouvi no escritório. A festa trouxe o Rappa, e enquanto curtia o som dos caras e tomava uma cerveja, os caras anunciam um convidado especial.

“Com vocês, Adriano o Imperador!”

Depois de pensar por 2 segundos “Ué, o Flamengo já chegou ao RJ, recebido pelo Marcio Braga, como assim Adriano?”, o cara entra no palco, aplaudido por todos e pela banda, e durante o show todo, dançou, curtiu e chegou até a roubar o microfone do Falcão pra dar uma palhinha.

Privilégio de quem estava em São Paulo na noite de quinta-feira.

Diferente claro, de quem mora no RJ e vê o cara tomando côco na praia, mas vai, me deixa curtir o momento… rs

Se quiser ver mais, tem mais vídeo:
http://www.youtube.com/watch?v=mcziL_LZziU

h1

Imperial

05/10/2009

 

adriano_no_flaxfluNunca nos cansamos de exaltar o futebol e o quanto este é apaixonante e imprevisível. Mas ontem, na chuvosa tarde carioca, aconteceu o normal. O melhor time venceu.

Melhor não, muito melhor.

A diferença técnica atual entre as equipes de Flamengo e Fluminense é colossal. O time tricolor tem um goleiro mediano, um meia talentoso e uma promessa no ataque. O resto é um mar de “inhos” que constrange o mais apaixonado dos torcedores.

O Flamengo renasceu na janela de transferências, quando perdeu apenas Emersom. Maldonado e Álvaro entraram bem no time, que contou ainda com a fase estupenda de Petkovic e a recuperação do futebol de Zé Roberto. Isso tudo sem falar de Adriano, o maior atacante da América do Sul atualmente. Não existe jogador do mesmo nível atuando abaixo da linha do Equador. Talvez Ronaldo, mas o fenômeno tem mostrado outras prioridades ao invés da recuperação de sua forma física.

Voltando ao jogo. Mais de 82.000 presentes ao Maracanã. Uma festa linda, num clássico que tem o seu charme, apesar da fase triste tricolor.

Apesar da já falada diferença entre as equipes, esperava-se um jogo mais parelho. E até foi no primeiro tempo, quando o flu teve lá suas poucas chances para abrir o placar. O Rubro Negro tinha maior posse de bola e domínio das ações mas o esquema de 3 atacantes não funciona com Adriano e Denis Marques, que se confundem como centro avante e o time acaba torto, atacando só por um lado.petkovic_no_flaxflu

No segundo tempo, o “novato” Andrade fez a substituição que venceu o jogo. Tirou Denis Marques e colocou Willians. Zé Roberto passou a jogar na esquerda e o volante aberto pela direita com a ajuda de Leo Moura. Confundiu totalmente a marcação do fluminense e abriu caminho para a vitória num lance em que o limitadíssimo Fabinho teve a bola roubada por Ze Roberto que tocou para Adriano puxar para a perna esquerda e fuzilar o goleiro Rafael.

O segundo apareceu num lançamento primoroso de Leo Moura para Adriano que matou com a esquerda e tocou com a direita. O jogo acabou ali. O Flu nunca mostrou poder de reação.

O Flamengo segue seu caminho rumo ao sonhado G4 e a classificação para a Libertadores. É difícil mas o time tem mostrado padrão de jogo e é possível acreditar. Será preciso para isso, se superar nos próximos 2 jogos sem Adriano, convocado para a seleção brasileira.

Já o Fluminense, praticamente assinou ontem sua sentença de queda para a Série B 2010. Só um milagre salvará o tricolor e é um erro esperar por tal.

h1

05/10/2009
enterro_no _flaxflu

FLA 2x0 FLU - Adriano enterrou o Flu que jogará a série B em 2010.