Posts Tagged ‘tite’

h1

Inter. Um time Aos Farrapos*.

06/10/2009

inter_rsFutebol é uma caixinha de surpresas. Ao contrário da Direção dos Clubes. Todo mundo sabia que o Tite ia cair. Nunca encontrei, mesmo nos mais otimistas colorados, sequér um que confiasse que o “Seu Adenor” seria um técnico Campeão Brasileiro. Não é desrespeito ao profissional, deixe eu explicar melhor. Faça uma retrospectiva, veja quem foram os “professores” que entraram para esse seleto hall da fama. Todos tiveram uma carreira anterior muito longa e prodigiosa, ou vinham, mesmo que nos bastidores, acompanhando os mestres dessa arte que é dirigir um elenco – normalmente como assessores técnicos de gênios como Telê Santana (no caso do Murici Ramalho, só para exemplificar).

Agora, me digam, qual a história do Tite? Ele não é culpado pelo fracasso do time do Internacional, a grande promessa do ano de 2009 que nunca aconteceu. Mais uma vez, a Diretoria mostrou incompetência ao não saber agradecê-lo pelos serviços prestados no momento certo, e ter trazido um técnico à altura da grandiosidade do Colorado, que cisma em achar que é time pequeno e que, estar com uma vaga na Libertadores já é feito digno de comemoração. Agora, nem isso temos mais.

E assim, nesse pensar pequeno, realmente parece ao mundo que o título mundial de 2006, arrancado em cima do Barcelona foi realmente mera obra do acaso. Um golpe de sorte de Adriano Gabiru, talvez o único momento de sua medíocre e infeliz carreira. E que nós, colorados, continuamos vivendo de memórias do Inter de 70, que nunca mais vai voltar. Que só nos resta mesmo a luta e a garra – a superação é algo maior que a glória da vitória! Perdemos, mas nunca caímos de joelhos! O gaúcho podia aprender que só isso não basta, que não somos mais Os Farrapos*. O mundo mudou muito, o futebol rio-grandense ainda não. Vencer, vencer, vencer, como diria o hino do Flamengo.

Também não mudam os dirigentes, que erram ao demitir a essa altura do campeonato o Seu Adenor, e ainda por cima, trazem o Mario Sérgio – que nunca foi técnico profissional, e já vem com os dias contados. Aguardam no Inter que o Luxemburgo venha ao final do contrato com o Santos. Será que ele vêm, mesmo se não alcançarmos a vaga na Libertadores? Quem conhece a história dele, já sabe a resposta.

Rodrigo Conde
escreve para o Fla&News.
Paulistano por acaso, é filho, neto e bisneto de gaúchos. Foi criado em Porto Alegre, e há 3 anos é um dos 15 milhões de moradores da capital paulistana.

* Os Farrapos eram os revoltosos que se rebelaram contra o Governo Imperial, pela criação da república Rio-Grandense, no século XIX. O termo inicialmente era pejorativo, mas acabou sendo adotado como identificação, inclusive do movimento e da própria Revolução Farroupilha, de 20 de setembro de 1835.

Anúncios
h1

Sem futebol

27/09/2009

petkovic_no_beira_rioImpossível comentar a partida entre Internacional x Flamengo que aconteceu na tarde deste domingo no Gigante da Beira-Rio. Não houve futebol. Castigado por mais de 24 horas de chuvas, o gramado do estádio colorado se transformou numa enorme piscina.

Sobre o cancelamento ou não do jogo, é importante saber que a televisão não possui ingerencia nisso diretamente. A responsabilidade ali era do árbitro, que deveria ter se atentado para a falta de condições do gramado. Mais ou menos como quando falta luz em algum estádio. Sem querer comparar, mas apenas para lembrança, é bom saber que na Champions League, os principais times europeus jogam sob neve na Russia e ninguém reclama.

Prevendo as dificuldades com o clima / campo, Andrade mudou o time. Voltaram os “tradicionais” 3 zagueiros, ainda com o auxílio de 2 volantes. Ou seja, na cabeça do próprio técnico, a chance do time marcar algum gol lá ficava basicamente sob responsabilidade de Adriano e sua reconhecida força física.

Petkovic, jogador leve e de muita técnica com a bola, sumiu no jogo. Ja o Imperador, incomodou a defesa gaúcha o tempo todo, muito mais na trombada do que na técnica. Era o que dava pra fazer.

O Inter não chegou a dominar o jogo em tempo algum (O aguaceiro inviabilizava), mas levou perigo em faltas cometidas perto da área. Mais uma vez, o criticado Diego entrou numa fogueira e conseguiu fazer bom papel.

No fim das contas, 1 ponto pra cada um. Ruim para ambos. Bem pior para o Internacional que viu sua diferença para o líder Palmeiras aumentar para 6 pontos e chance de título diminuir consideravelmente. E Tite segue sendo criticado pela torcida colorada.

Ja o Flamengo, segue sua caminhada complicadíssima ao sonhado G4. Para conseguir a façanha, será necessário aumentar o aproveitamento dos pontos, hoje na casa dos 48%, e isso passa or vencer jogos fora de casa, o que não vem ocorrendo.

h1

Boa quarta na Vila Belmiro

28/08/2009

 

O Internacional, eterno candidato ao título, foi à Vila Belmiro enfrentar o Santos e eles fizeram um bom jogo. E, começou jogando melhor, chegando a perder um gol cara a cara com o dispersivo Andrezinho. Mas, logo o Santos se encontrou e marcou 2 gols. O segundo, um belo gol de Kléber Pereira, que parece ter reencontrado o bom ambiente na equipe. O Inter empatou ainda no primeiro tempo.alecsandro_inter

No segundo tempo, o Inter virou (?!?!). Detalhe, os 3 gols colorados foram marcados pelo centroavante Alecsandro, mais conhecido por ser irmão do exótico Richarlysson. O time paulista partiu pra cima, conseguiu empatar com Kléber Pereira (de novo) e quase virou o jogo no fim. Tudo acabou no 3×3, na prática, ruim para os dois lados.

O Santos deverá ter bons momentos ainda no campeonato pois o time no geral, é bom, apesar da limitada defesa. Mas não dá pra almejar nada mais do que classificação à Sulamericana em 2009, por mais que Vanderlei Luxemburgo tente mascarar isso. Já o Internacional, é uma incógnita. Tem elenco, além do time, bastante qualificado. É muito forte no Beira Rio, mas não tem grande desempenho quando joga fora de Porto Alegre (Apesar de ter jogado em na Vila Belmiro). Particularmente, tenho dificuldade de acreditar que o especialista em neurolingüística Tite consiga levar o time colorado ao título brasileiro.

h1

Olé à gaúcha

22/06/2009

Nada como uma semaninha na Serra. Time concentrado, comissão técnica unida. Apesar, ainda, de algumas notícias desencontradas, la foi o Flamengo ao Maracanã enfrentar o Internacional.adriano-flaxinter

Internacional que veio muito desfalcado. Nilmar e Kleber na Seleção Brasileira. D’Alessandro e Magrão machucados. E no vestiário, foi vetado para a partida o garoto Taison, que havia jogado bem contra o Corinthians na final da Copa do Brasil.

Cuca sabia que precisava vencer. Uma derrota em casa, provavelmente, o faria acordar na segunda feira como mais um da estatística do desemprego. E assim, armou o Flamengo para pressionar o adversario desde o início e forçar as jogadas no atacante Adriano.

Aos 12 minutos, a zaga do Inter parou pedindo impedimento num lançamento pela esquerda e Adriano apareceu na cara de Lauro. O Imperador deu um leve toque e abriu o placar. Depois do gol, o time gaúcho continuou confuso em campo, até abusando de faltas (item no qual o argentino Guinazu é campeão). O Flamengo recuou um pouco esperando chance em contra ataque. Que logo apareceu… Leo Moura fez boa jogada pela ponta direita e cruzou. Ibson se antecipou e deu lindo passe deixando Emersom na cara do gol. Flamengo 2×0.

adriano_golE assim ia terminar o primeiro tempo. Mas, numa falta cavada por Emersom, Adriano cobrou com perfeição, colocando sobre a barreira, no canto esquerdo do goleiro Lauro. Ali, praticamente matou o jogo.

E o segundo tempo, virou treino. O Inter tentava alguns ataques, mas o Flamengo tinha o controle do jogo. E finalizou o placar num belissimo lançamento do Juan para o Léo Moura, que sofreu penalty. Adriano pegou a bola e bateu. Gol! 3 gols no jogo, o que os ingleses costumam chamar de hat trick.

Que conclusões podemos tirar desse jogo?

fla_x_interO Flamengo não tem o melhor time do campeonato. Mas também não tem o pior. Os jogos contra Sport e Coritiba foram estranhíssimos. A diretoria levou o time para Teresópolis e pelo menos, o ambiente parece ter melhorado bastante. Mas esse grupo já teve boas atuações em outras oportunidades e todos sabemos que qualidade não falta. Se vai ter continuidade, não sabemos, e talvez nem o Cuca.

O Inter, com muitos desfalques e com o foco ainda na Copa do Brasil. Sem falar no jogo da Recopa Sulamericana contra o LDU na próxima quinta feira. Apesar dos desfalques, estavam em campo alguns festejados titulares colorados, como: Lauro, Guinazu, Indio, Alvaro e Sandro. A cobrança vai aumentar no Beira Rio se o resultado contra o LDU não for bom. Na outra semana, tem o Corinthians em casa precisando reverter vantagem de 2 gols. Definitivamente, os colorados já tiverma dias melhores.

h1

Copa do Brasil 2009 – palpite da final

17/06/2009

FINAL DA COPA DO BRASIL 2009

1o jogo – Pacaembú – São Paulo

Corinthians x Internacional

O time paulista vem de alguns jogos ruins e com Ronaldo bastante fora de forma. Terá a seu favor o clima criado pela fiel e a consistência defensiva elaborada por Mano Menezes, que estuda começar o jogo com 3 atacantes.

Os gaúchos de vermelho vêm a São Paulo com 4 importantes desfalques. São eles: Nilmar, D’Alesandro, Kleber e Bolívar. Todos fazem falta apesar do bom elenco colorado que repôe as peças com qualidade. Se repetir o que tem feito nesta Copa do Brasil quando atua fora de casa, o técnico Tite montará mais uma de suas potentes retrancas para levar a decisão com um empate ou derrota so por 1 gol para Porto Alegre.

A tendência é de pressão corintiana desde o início para sufocar o Internacional. Mano Menezes sabe que a chance do título esta no primeiro jogo em casa e com o adversario desfalcado de importantes jogadores. Ao Inter, cabe agredir o Corinthians quando puder, fazendo uso de seu rápido contra ataque para tentar fazer algum gol no Pacaembú.

PALPITE FLANEWS: O Corinthians vence o primeiro jogo por diferença só de 1 gol.

E você leitor… Acha o que? Quem vence o primeiro duelo da final da Copa do Brasil 2009?

h1

À espera da quarta feira

20/05/2009

Os brasileiros assistirão a 2 grandes jogos nesta quarta feira, pelas quartas de final da Copa do Brasil 2009. Vamos as análises.

INTERNACIONAL x FLAMENGO

Depois do 0x0 no Rio de Janeiro, que diga-se de passagem ninguém achou ruim, os 2 grandes se encontram para o tira teima no Beira Rio. Os colorados não contarão com Magrão e Bolívar. O Flamengo, ainda não terá Adriano. Expectativa de estádio lotado e pressão imensa do time gaúcho.

Cuca deve estar pensando no que fazer para sair de Porto Alegre classificado às semifinais. Ele sabe que a tarefa será complicadíssima. Pelas suas entrevistas na semana e as notícias que vêm dos treinos, é possível prever que ele não quer o Flamengo defensivo, chutando bola pra frente, com a maioria do time dentro da área. Isso seria suicídio, atuando contra o talentoso ataque colorado em sua casa. É possível que Obina e Zé Roberto apareçam na equipe, talvez até de início. Se quiser ter sucesso, será necessário encarar o Internacional. E esperar que o ataque desencante…

Do outro lado, Tite estuda a forma de melhor aproveitar a qualidade ofensiva de sua equipe. Para que o jogo não vire um “Deus nos Acuda” para o time da casa, é proibido levar gol do Flamengo. O letrado treinador colorado deve colocar sua equipe no ataque, mas sem esquecer dos cuidados nas laterais, já que Juan e Leo Moura são muito perigosos nos contra ataques. O Internacional espera que D’Alessandro e o jovem Taison participem mais do jogo do que fizeram no Maracanã.

FLUMINENSE x CORINTHIANS

O clube tricolor carioca precisa tirar a vantagem de 1×0 que seu rival conquistou em São Paulo. Durante a semana foram muitas provocações de ambos os lados.

Carlos Alberto Parreira terá que sair da sua linha mais “segura”para levar o Fluminense às semi finais. O argentino Conca deve voltar ao time. A dúvida é quem sai… Mauricio ou Marquinho. Que coisa! A torcida tricolor deve encher o Maracanã e espera ver uma grande atuação de Fred, seu artilheiro, que fora algum brilho no Carioca, não fez muito ainda na sua volta ao futebol brasileiro.

No lado paulista, muita confiança. O Corinthians terá Ronaldo e poderá ter a volta do zagueiro Willian. Terá também um time seguro. Mano Menezes é um técnico “estudioso” do futebol resultado… Da mesma linha de Muricy Ramalho. Seus times dificultam a vida do adversário antes de facilitar a sua própria. Será difícil fazer gol na defesa armada por ele.

h1

Ataque… do coração.

14/05/2009

Flamengo x Internacional deram início na noite de ontem ao mais aguardado confronto das quartas de final da Copa do Brasil. O time gaúcho chegava credenciado pela excelente campanha no campeonato estadual e trazia Nilmar, autor do gol mais bonito do ano, até o momento, marcado no último domingo, contra o Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro.fla_x_inter

Nos primeiro minutos o Inter fez uma marcação por pressão, adiantada, que dificultou muito a vida dos rubro negros. Mas, logo o Flamengo tomou conta da situação e passou a mandar no jogo. Porém, com aquela situação já comum em 2009. Domina o jogo mas não converte as chances. No primeiro tempo, forma pelo menos 3, claras de gol (2 bolas na trave).

No segundo tempo, o jogo continuou da mesma forma. Kleberson perdeu chance incrível numa boa jogada de Ibson (que novamente jogou bem). No final, o Flamengo com os 2 bondes no ataque (Obina e Josiel), foi o Inter assustou com uma bola trave de Andrezinho (aquele mesmo) e uma defesa sensacional do Bruno no rebote.

A realidade do confronto é que o favorito para chegar as semi finais continua sendo o Internacional. Mas ficou a sensação de que desperdiçaram boa oportunidade de complicar o confronto. O time armado pelo Tite (retranqueiro) foi extremamente defensivo no Maracanã. Os meias tocavam bola pro lado e em uma ou outra hora, davam chutões pra frente esperando que o ótimo Nilmar se virasse contra seus 2 marcadores. O Internacional, pelo time que tem, poderia ter atacado mais o Flamengo no Rio. Se fizesse um gol no Maracanã, a fatura estaria praticamente liquidada. Tenham a certeza de que os mais de 50.000 torcedores que foram ao ex-maior do mundo esperavam ver um Inter bem mais envolvente e aguerrido.nilmar_x_flamengo

O Flamengo, pode se orgulhar de ter enfrentado, e dominado, 2 dos principais times do Brasil na atualidade em 3 dias. Se restava alguma dúvida ao torcedor Rubro Negro que há esperanças no Campeonato Brasileiro, a resposta está dada. Com o reforço de Adriano no ataque, as coisas tendem a melhorar. A diretoria corre atrás de um zagueiro para substituir Fabio Luciano.

Ah, o Flamengo tem chance de passar pelo Inter no Beira Rio? Claro. Deve ser complicadíssimo, mas não é improvável. Um gol rubro negro (por mais que eles andem raros) no estádio colorado complica a vida do dono da casa. Transforma o jogo num Deus nos Acuda. Que Cuca e sua turma tenham equilíbrio necessário para essa emocionante disputa.

Imperdível, na quarta que vem.