Posts Tagged ‘Taça Guanabara’

h1

Campeão da Taça Guanabara

02/03/2009

1130589-8874-ga

Parabéns ao Botafogo. Campeão da Taça Guanabara 2009.

Um título (sim, o FLANEWS considera a Taça Guanabara um título porque entende a história da competição no contexto do futebol carioca.) que premia o bom trabalho feito pelo técnico Ney Franco.

O mineiro que chegou de cabeça baixa e acertou a renovação no ano passado mesmo tendo seus vencimentos diminuídos em cerca de 30%. Mais ainda, aceitou a política de jogadores mais “baratos”… Sem estrelas… Mas com a única condição de que os salários se mantivessem em dia.

E assim vem conseguindo o novo presidente, Mauricio Assumpção. Assumiu o Clube em dezembro com muitos problemas e vem se empenhando para instalar nova filosofia. Até o momento vem conseguindo.

1130544-3462-gaO jogo… Ah, não é preciso falar. A diferença técnica ficou evidente desde o início. Por incrível que pareça, a semifinal do Resende contra o Flamengo foi uma grande lição ao Alvinegro. O time levou a sério o jogo e aí fica complicado para o Clube pequeno. O terceiro gol botafoguense mostrou a fragilidade da defesa do Resende.

Enfim, na semana que vem começa a Taça Rio e os outro precisam correr atrás da Estrela Solitária.

Anúncios
h1

Freguesia

26/02/2009

 

Fluminense 0 x 1 Botafogo 

Vamos tentar ser justos. O Botafogo mereceu. Para minha total incredulidade, inclusive pelo que falei no começo do ano, vi o alvinegro jogando bem, organizado e correndo muito. Por mais que ao longo do texto eu vá tentar esculhambá-lo, mereceu e ponto. Achava que neste ano não poderíamos perder para o time que sempre entrega. Mas nós é que estamos sempre entregando. E sempre para um time que é pior que o nosso. Estou de saco cheio do Botafogo. De uns tempos pra cá danamos de apanhar do Bota de uma forma desagradável. Não tem explicação, mas eu tenho minhas teorias:

 

A preparação física do Botafogo, tem sido sempre para correr cedo no ano, enquanto os outros times estão com as pernas presas. Normalmente o preço é cobrado em julho, quando o gás acaba e eles começam a despencar no brasileiro. Por saberem do time limitado, focam mesmo é para correr no carioca e na copa. Já o Flu apresenta um prepardor físico sem currículo de destaque, cujo trabalho está questionado, pois o time não vem rendendo nada bem, correndo um tempo e andando em outro.

 

Mas é sobre o Fluminense que quero falar… o lamentável Fluminense. Tem time melhor? Tem. Tem mais torcida? Tem. Mais tradição? Tem. Mas…

 

Ney Franco, armou uma linha de quatro e uma linha de seis, uma legítima retranca de timeco. Mas explorou soberbamente as falhas de posicionamento da defesa tricolor. Quando tinha a posse de bola, jogava sempre para o quem caía posicionado entre o lateral e o zagueiro e levou o terror para o Fernando Henrique, em noite excelente.

 

Isso expôs todas as falhas de posicionamento do meio campo e ataque do Flu, o que permaneceu pelo jogo todo. Apesar do bom começo, em nenhum momento do jogo o Flu teve um padrão ou organização. Muito ruim. Não faltou luta, mas visivelmente o time claudica na parte física. Foi ampla e facilmente marcado. Ninguém se mexia, somente o Everton Santos dava opção. Leandro Amaral jogou com um equipamento extra, uma âncora. A partir dos 15 minutos o Botafogo se plantou no campo e começou a mandar no jogo. Sair o gol era uma questão de tempo. Mas tomar gol de escanteio é f@#%&*oda!

 

René, meu caro, quem está te obrigando a escalar o Leandro Amaral? Já teria que ter sacado no intervalo… Ele passou o 1º tempo todo pedindo para alguém cair nas costas do lateral direito, mas ninguém se apresentou. O fraco Leandro não apoiava de jeito nenhum, só foi fazer isso quando o Bota parou no 2º tempo e só restava a ele subir. Mas errou todos os cruzamentos. Levou um baile no 1º tempo. Diguinho em noite horrenda, sentiu saudades da antiga casa, parecia que estava querendo passar a bola aos alvinegros. Quem encontrar o Conca, favor devolver na Rua Álvaro Chaves, em Laranjeiras. Thiago Neves tentou muito, mas bastante descalibrado. Fabinho foi mal, mas não comprometeu. Edcarlos e Luiz Alberto tiveram que se desdobrar para cobrir os laterais e  ficaram o tempo todo expostos quando o Botafogo vinha. Mariano mostrou ser mais lateral que Leandro, mas esbarrou nas próprias deficiências, nunca conseguiu ser uma opção efetiva. Tartá deu mais velocidade, mas a falta de entrosamento do Flu era gritante… ficou perdido.

 

Para nós, acabou a Taça GB. Não estava esperando muito mesmo deste turno, mas, agora sim eu pergunto: E aí René? Que time é este que você está montando? A atuação de ontem, apesar do predomínio no 2º tempo, foi muito ruim. Pegamos um time retranqueiro, tecnicamente fraco, que se acovardou na segunda etapa, com direito a cai cai, e não conseguimos fazer nem um golzinho. Ontem faltou quase tudo. Começo a achar que nem na Taça Rio vamos nos recuperar. Perdemos uma chance maravilhosa de botar uma mão no campeonato. Dá-lhe cabeça inchada!

 

Carlos Clark é tricolor e colabora com o FLANEWS com notícias e impressões do Fluminense e do Futebol carioca.

h1

Vamos para as semi finais

16/02/2009

fla x bota

Antes de mais nada, sejamos honestos. Campeonatos estaduais são chatos e desinteressantes… Os dirigentes aproveitam o fato de lidarem com o esporte de paixão nacional para promoverem esses torneios esdrúxulos e inchados. O Campeonato Carioca era muito melhor quando disputado por apenas 12 times. Os 16 de hoje são um exagero desnecessário.

Mas, é preciso falar do jogo. Flamengo e Botafogo se enfrentaram hoje no Maracanã, onde ao contrário do arraial paulistano, não há mesquinharia de 10% para torcida adversária.

O Botafogo, mais organizado e com bom toque de bola, abriu o placar com Baptista (quem???) num chute da entrada da área. O time alvinegro teve outras chances no primeiro tempo de ampliar o placar.

No segundo tempo, o Flamengo voltou melhor e foi pra cima. Num cruzamento da ponta direita, o árbitro assinalou pênalty (discutível) no lateral esquerdo Egídio. Adivinhem quem foi para a cobrança? Ele, Obina, o outrora iluminado xodó rubro negro que ja havia perdido uma cobrança no Carioca 2009. E, não deu outra… perdeu de novo… Lamentável.

Obina, logo depois foi substituído por Josiel. O atacante que veio das Arábias, entre uma trombada e outra, conseguiu boas jogadas e marcou o gol de empate aos 46 minutos, após rebote do goleiro alvinegro em chute de Zé Roberto.

É isso. Vamos para as semi finais da Taça Guanabara. Até o momento, serão: Flamengo x Resende e Fluminense x Botafogo. Mas tudo pode mudar se o Vasco conseguir reverter sua punição pela escalação do jogador irregular. Mas, só entre nós… Pra que perdermos tanto tempo enfrentando timecos em campos vagabundos se as finais são sempre entre os mesmos, heim?

*sobre o Flamengo, poderemos falar mais ao longo da semana, mas nnguém me tira da cabeça que os salários atrasados estão fazendo diferença.

*Só assisti aos gols dos jogos de Vasco e Flu. Se alguém quiser comentar essas partidas, o espaço está aberto.