Posts Tagged ‘muricy ramalho’

h1

O que são 5 para quem tem 6?

29/09/2009

 E o “Fofolet” do Ronaldo atrapalhou nossos planos domingo passado. Ok, ok, admito: a zaga tricolor deu uma “forcinha” para ele. Mas também, tem que ajudar o rapaz! Tadinho! Joga num time história, sem estádio e freguês do tricolor.Simbolo_SPFC

O pessoal da marginal sem número, que só quer saber de ter a melhor campanha de um time que acabou de voltar da série B, precisava desse gostinho de vitória (mesmo num empate).

E as Róseas do Palestra? Cinco pontos a frente do maior do mundo e do bravo Goiás Esporte Clube. Nada de muito estranho para um time que tem o eterno são paulino Muricy como comandante.

As equipes comandadas por ele sempre se mantém à frente, não perdem jogos decisivos

e dão raiva nos torcedores rivais com seu futebol de resultados.

Mas caros “não hexa campeões” (em caso de você ser um leitor não são paulino), não existe fórmula mágica no futebol.

Essa hegemonia Muriçoquistica não vai perdurar!

Monsieur Ricardô Gomês já traçou a tática perfeita para o hepta tricolor: ganharemos (anotem aí)

 

TODOS OS JOGOS QUE NOS RESTAM!

Isso mesmo! Serão doze vitórias consecutivas enquanto os porcos do Palestra tropeçarão contra: Goiás, Atlético – MG e Grêmio. E tenho dito!

São Paulo campeão, Goiás vice, Inter em 3º e em 4º não tenho certeza ainda. Fico entre Atlético – MG e Palmeiras.

Parafraseando Juca Kfouri: Corto meu braço fora se minha previsão não for correta! 

Diego Honorato é são paulino e colabora com o Fla&News com suas impressões sobre o ainda hexa, por enquanto, tricolor paulista.

Anúncios
h1

Coração tricolor paulista

01/09/2009

Que jogo (horrível)!!!

Ontem eu entendi um pouco da raiva que os torcedores dos outros times possuíam do meu Tricolor nos últimos três anos.

Tinha me esquecido como é complicadíssimo jogar contra um time do Muricy! Meu Deus!

Se o jogo tiver que ficar feio pro Muricy F.C. garantir o resultado que lhe calha, o jogo fica mesmo.

Não, eu não conseguia ver isso tudo quando ele estava a favor do SPFC, mas ontem (domingo 30/08/2009) deu até raiva.

Bom, tudo bem, certo? Cada um cuida do seu. O São Paulo que deveria ter sido mais agressivo, partido mais pra cima. Perdemos a chance de fazer nossa parte: encurtar, por nossas próprias forças, a diferença de pontos pro atual líder. Agora é contar com dois tropeços dos róseos (e se falando em Muricy F.C. é quase pedir muito) e, antes de tudo, ganhar todos os pontos possíveis e imagináveis.spfc_escudo

Sobre o time: ontem, pela primeira vez desde que o Ricardo Gomes assumiu, vi um time pragmático. Tudo que precisava ser reiventado para bater o Palmeiras, não foi feito.

Quando nosso técnico foi alterar o time, trocou seis por meia dúzia nas 3 substituições e nada mudou. Foram poucas chances, muita correria e muito trabalho pra Rogério “Air” Ceni.

Sobre o título: acho muito prematuro dizer que um time ou outro não tem mais quaisquer chances no campeonato. De todo modo o que eu sempre poderei afirmar é que enquanto tiverem pontos a serem disputados, todos temerão o Maior do Mundo.

Vamos sem pressa, rumo ao HEPTA TRICOLOR!!!

Diego Honorato é publicitário, são paulino e colabora com o Fla&News com suas impressões sobre o por enquanto Hexa Campeão brasileiro.

h1

BR2009 – Palmeiras x Sport

03/08/2009

obina_gol_palmeirasCom Muricy Ramalho no comando, o Palmeiras foi à Ilha do Retiro enfrentar o outrora temido, Sport Recife.

O time alviverde foi melhor na maior parte do jogo, mas acabou fazendo um gol graças a infelicidade completa do lateral Bruno Teles, que se atrapalhou para cortar o cruzamento torto do Obina, e acabou entrando com bola e tudo dentro do gol do time pernambucano.

Obina, aliás, vive mais uma de suas fases iluminadas. Aqui em São Paulo, a mídia diz que agora esta magro e tal, mas nós que o conhecemos sabemos que não é nada disso. Desde sempre ele foi esse ai mesmo, capaz de fazer 3 gols num jogo e de um gol contra no próximo. Os palmeirenses devem, é torcer para que a fase dure o campeonato todo.

Já o Sport, vive realmente uma ressaca sem fim da eliminação da Libertadores. Mais ou menos como o Fluminense, o time até tenta, mas as coisas não dão certo. Esta chegando a hora de sacudir a poeira e dar a volta por cima, senão vai ficar tarde. A primeira das atitudes é voltar a prevalecer seu mando de campo na Ilha do Retiro. Seu novo técnico, o professor Péricles Chamusca terá um desafio interessante pela frente.

h1

O caso Muricy

20/06/2009

Muricy Ramalho - spfcMuricy Ramalho caiu no São Paulo FC. Foram 3 anos e meio dirigindo o clube mais estruturado do Brasil.

Os resultados, respeitáveis, seriam suficientes para transforma-lo numa espécie de Alex Ferguson brasileiro, não bastou para a diretoria tricolor dispensa-lo. 3 títulos brasileiros seguidos é uma façanha difícil de ser igualada no sempre tão nivelado futebol tupiniquim.

Mas a diretoria entendeu que o técnico, que dirigiu o elenco na mão de ferro durante tanto tempo, perdeu o rumo e o comando do time. Jogadores insatisfeitos com a reserva, outros com o esquema tático.

É fato que já em 2008, e principalmente em 2009, Muricy não conseguiu fazer o time jogar futebol. O São Paulo praticava uma espécie de futebol ingles dos anos 70/80… Jogava a bola na área a partir da intermediária e esperava alguma delas entrar. Deu certo no Brasileirao 2008, muito mais por incompetencia de quem estava na frente do que por grandes méritos paulistas. Mas não deu na Libertadores 2008 e depois na 2009. Aí, não dá pra criticar a decisão de Juvenal Juvencio.

Muricy Ramalho é vítima da obsessão do São Paulo Futebol Clube pela Taça Libertadores da América. Ele, definitivamente, não é um técnico afeito às questões motivacionais. Seu time não anda bem em torneios mata-mata.

Após o anúncio da demissão de Muricy, o São Paulo anunciou a contratação de Ricardo Gomes para seu lugar. O ex-zagueiro do Fluminense e da seleção brasileira das Copas de 90 e 94 chega ao tricolor paulista com um curriculum fraco como técnico. É uma aposta, váida até. Mas os tricolores paulistas podem começar a se preparar para, talvez, disputar a Copa do Brasil em 2010.

Atualização

Em uma entrevista a uma rádio paulista, Muricy Ramalho explicou suas razões no trabalho desenvolvido no São Paulo e aproveitou para revelar que o técnico do Flamengo Cuca teria ligado para o presidente Juvenal Juvencio para se oferecer ao clube caso o titular fosse dispensado.

É o tipo de  notícia que precisa ser melhor explicada pois envolve um monte de gente que não tem nada a ver com o caso. Se for verdade, deveria ser caso de demissão sumária do Cuca no Flamengo. Um absurdo.

E mais, se não tiver acontecido, o que todos esperam é que o Cuca cobre na justiça que Muricy Ramalho prove o que disse.

h1

Freguesia tricolor

11/05/2009

Depois de um preocupante empate contra o Goiás, o Fluminense partiu para uma vitória maiúscula contra o badalado tricampeão brasileiro, mantendo a freguesia em tempos recentes. Foi um 1 x 0 justo e insofismável, a melho atuação Tricolor do ano. Com um posicionamento mais conservador, usando o clássico 4-4-2 do Parreira, com todos atrás da linha da bola, o Fluminense neutralizou as ações do confuso São Paulo, que mais uma vez contou a escandalosa ajuda da arbitragem.

Está mais que na hora de parar com essa palhaçada de arbitragens são-paulinas. Gol mal anulado, inversão de faltas, não marcava faltas contra o Flu e ainda deixou os botinudos são-paulinos baixarem a mamona indiscriminadamente, sem expulsar ninguém. Aliás, só não deu o pênalti que o Dagol (rsrsrs) tentou cavar porque a jogada foi bisonha e vergonhosa. Nem ele teve a cara de pau… Cartão por simulação? Nem pensar… Eles querem ser campeões sempre, de qualquer jeito, custe o que custar… Mas com a bolinha que estão jogando, vai ficar difícil… Alô Conmebol, vamos parar de dar moleza pra esses caras… o que fizeram com os mexicanos foi covardia!

O violento timeco treinado pelo marrento, arrogante e falastrão Muricy continua fazendo seu rodízio de faltas e praticando o antijogo, para gáudio dos comentaristas do Sportv, que simplesmente ignoraram esta faceta o jogo. Simplesmente não dá mais pra levar esses aí a sério. Muricy ainda tentou desmerecer o gol do Maurício, mostrando aí que tipo de pessoa rasteira que ele é. Mas tudo bem, o freguês sempre tem razão.  Quanto ao Flu, ganhou moral para ir ao Pacaembu na quarta e deu uma boa dose de ânimo para a sequência da Copa do Brasil. Sem laterais, sem defesa, sem esquema, mas com muito amor à camisa vamos calçar as sandálias da humildade e encarar o gordo e seus gambás na quarta! Rumo à Libertadores!

Ah, sim, um recadinho aos são-paulinos de plantão:

Sãopaulino otárioooo! Levou um poste, um anão e um mercenáriooo!

 Carlos Clark é tricolor e exultou com a vitória do seu Fluminense e o fracasso dos marrentos.

h1

Rápido e certeiro

31/03/2009

Desde 2006 que o futebol do São Paulo não enche os olhos em todas as partidas.cobra-tricolor_SPFC

 

É um time pragmático e com uma consciência tática que beira à chatice, porém resolve.

 

É sempre a mesma história: o Muricy estuda, mas estuda até a exaustão seu adversário. Assiste todos os VT’s possíveis e imagináveis dos próximos oponentes, seja o da rodada seguinte ou os que estão por vir. Como ele mesmo diz:

 

“A coisa que eu mais gosto de fazer é assistir futebol meu filho.”

 

E rodada após rodada, mesmo que não apresente um futebol primoroso o Tricolor paulista sai com suas vitórias. Sejam elas pelo placar mínimo ou mais elástico. Isso varia de acordo com a inspiração do goleiro adversário ou pontaria do ataque.

 

Quando nem Borges e Washington marcam, lá vem Hernanes, Jorge Wagner, Hugo.

Se nem eles resolvem, a zaga deixa seus gols. Se André, Rodrigo e Miranda não estão com a pontaria afiada lá vem o capitão e gol neles!

 

E o que faz do São Paulo um time tão competitivo, tão difícil de ser batido? Estrutura? Planejamento? Salário em dia? Sim! Isso ajuda e muito com certeza mas, se tem algo que é bonito de se ver é a movimentação do time em campo, e ela ganha muitos jogos.

 

O time se movimenta quase que num esquema de futsal. Se a bola está com o adversário lá vai o time inteiro para este lado. Se o adversário vira o jogo, enquanto a bola está no ar o time já se posicionou.

 

Obs.: quando está com a bola faz esquema de goleiro linha empurrando o time adversário para seu próprio campo. Dois zagueiros abrem bloqueando os laterais oponentes e o outro faz a vez de 1º volante; RC fica na sobra como um líbero e, uma linha de 5 se forma a partir no meio do campo. Os atacantes só esperam a melhor chance enquanto a bola ronda a zaga adversária. Coisa linda!

 

Adaptado de outro esporte também é o sistema de marcação do São Paulo.

Como no basquete é sempre 2-to-1 e tem a participação de todos os jogadores do time. Impreterivelmente o jogador adversário que está com a bola (isto desde os tempos de Mineiro e Josué) tem pelo menos dois são paulinos em sua marcação: um dá combate e outro rouba a bola. Simples assim.

 

Adversário estudado, marcação imposta é a hora do bote! E não é de hoje que o São Paulo se mostra impecável nisto. Rápido e matador, assim como no basquete, assim como uma verdadeira cobra!

 

Domingo contra as porcas fosforescentes foi a mesma coisa de praticamente todo jogo.  Uma bola; é tudo que nós precisamos. Arouca toma a bola e passa para o melhor camisa 10 do Brasil. E aí já viu: de Hernanes para W9 e dele pro fundo da rede.

 

E poderia ter sido mais se Dagol não estivesse com tanta fome de bola…rs.

 

Mais três pontos e mais um jogo vencido.

 

Diego Honorato é são paulino, publicitário e feliz ganhador de algumas caixinhas de cerveja vindas diretamente do Palestra Itália! hahahahah

h1

Clássico com pouco valor

28/03/2009

No Morumbi, Palmeiras e São Paulo fizeram um clássico que não valia muito, já que a formula de disputa do Campeonato Paulista tira o valor desses jogos. Ambos os clubes já estão classificados para as semi finais.washignton_spfc

O São Paulo venceu por 1×0, com gol marcado por Washington no início do jogo.

O jogo, apesar de bem disputado, foi fraco, com poucas chances de gol. Washington e André Dias estiveram bem pelo tricolor paulista e no lado verde, os destaques foram Cleiton Xavier e Pierre.

Ah, lembrando… Vanderlei Luxemburgo leva mais uma derrota pra casa nos confrontos pessoais com Muricy Ramalho. Oh, sina…