Posts Tagged ‘GRE-NAL’

h1

Futebol dos pampas

03/03/2009

Inter campeão do 1º turno da Gauchão.

Na tarde do ultimo domingo o Internacional sagrou-se campeão do 1º turno do Campeonato Gaúcho ao vencer nosso eterno rival, em uma tarde inspirada de Andrezinho. O colorado deu um banho de bola no Grêmio no primeiro tempo e poderia ter saído de campo com 2 x 0, não fosse o goleiro Vitor,  que aliás foi o melhor jogador do Grêmio em campo. Fez, pelo menos, 2 defesas dignas de um goleiraço, pegou uma bola do atacante Nilmar e uma cabeçada de Andrezinho de dentro da pequena área.

No segundo tempo o Colorado começou avassalador e logo a dois minutos, marcou o primeiro  gol em uma falha da zaga do Grêmio que tentou fazer a famosa linha de impedimento, 6 jogadores ficaram na cara de Vitor. Coube ao zagueiro Índio fuzilar o goleiro e marcar o gol. Logo depois o Grêmio equilibrou o jogo e marcou o gol de empate, (golaço do centroavante Alex Mineiro). Mas a tarde era vermelha mesmo. Numa cobrança de falta de Andrezinho pela ponta direita, Magrão marcou de cabeça o gol do titulo colorado.

A partir daí o Gremio não teve forças para reverter o placar, e a festa colorada começou com direito a torcida do Inter gritando “1,2,3 o Grêmio é freguês”.

Tivemos outro “homenageado” na tarde quente no Gigante da Beira-Rio, no final da partida a  torcida do Inter em tom irônico gritava “fica Celso Roth”.

 

Evandro Feltrin é gaúcho e torcedor do Internacional. Está feliz da vida com a hegemonia de vitórias coloradas em GRENAIS nos últimos tempos.

Anúncios
h1

Futebol dos pampas – 2009

27/01/2009

Graças a Deus chegamos à época em que o futebol volta a ser assunto acabou chatice dos domingos. VIVA O FUTEBOL!!!!!!!!!

O nosso Campeonato Gaúcho começou na terça feira da semana passada. No fim de semana já tivemos a segunda rodada. O meu Colorado se repete, os dois primeiros jogos foram terríveis. No primeiro, empatamos em casa com o modesto Santa Cruz e o segundo, este sim foi difícil, apesar da vitória o Internacional não jogou uma grande partida e venceu o seu jogo apenas nos minutos finais. De quebra ainda teve Alex e D’Alessandro expulsos. Ou o Inter muda sua postura ou corremos o risco de não comemorarmos títulos este ano.

Fica a pergunta: será que existe a tal maldição do centenário? Será que sofreremos como sofreram outros grandes?

Por outro lado, o Grêmio que jogou a primeira partida fora e apenas empatou, recuperou-se no sábado ganhando, e de goleada. Aplicou 5 x 0 no Esportivo de Bento Gonçalves, a terra dos vinhos. O Tricolor neste inicio de Gauchão parece mais preparado que o Inter. Veremos ao final da temporada quem mais irá comemorar neste ano.

Ahhh. Pra terminar, uma notícia. O Grêmio rescindiu nesta segunda feira com o grandalhão uruguaio Ruchard Morales, que nã correspondeu à expectativa da diretoria e torcida.

Evandro Feltrin é gaúcho de Porto Alegre. Torcedor do Internacional-RS. Colabora com o FLANEWS com as notícias do futebol do Sul do país.

h1

Futebol dos Pampas

11/12/2008

 

Fim de ano chegando e o futebol gaúcho se despede de uma forma que ficou bom para ambos.

O Internacional se despediu não da forma como os torcedores imaginavam, todos os colorados sonhavam com o time disputando a libertadores no ano do centenário, mas por motivos conhecidos e exaustivamente expostos isto não foi possível, tirando estes percalços podemos afirmar que o colorado não fez um grande ano mas mesmo assim fomos campeões da DUBAI CUP, GAUCHÃO E COPA SUL-AMERICANA, este poderá ser reconhecido como um grande ano  colorado somente no ano que vem.

Explico porque este ano será reconhecido somente no ano que vem.

Se o Grêmio no ano que vem ganhar a libertadores, este ano não terá validade nenhuma para os colorados, este ano será marcado como o ano em que inter com um time muito superior ao do grêmio não teve a capacidade de chegar a libertadores e ainda teve que ver o co-irmão chegando lá, em compensação se o grêmio não chegar ao titulo da libertadores este ano ficará marcado como o ano em que o grêmio não ganhou nada e ainda viu seu maior rival chegar a 3 finais e vencer todas.

Isto para quem não conhece, é a rivalidade do maior clássico do futebol brasileiro. Pelos motivos descritos acima, 2008 só acabará para o futebol gaúcho em meados de 2009. Quem viver, verá…

Evandro Feltrin é torcedor colorado e traz ao FLANEWS semanalmente as notícias do futebol do sul do Brasil.

h1

Futebol dos pampas

20/11/2008

A nação colorada começou a semana com uma noticia estarrecedora, na segunda-feira a tarde morreu o Sr Arthur Dallegrave 78 anos, talvez, o mais colorado dos colorados , sócio colorado desde 1947 e conselheiro desde dezembro de 1950, foi diretor de futebol juvenil em 56, vice-presidente de futebol amador em 64 e vice-presidente de futebol do Inter em duas ocasiões: 1966/67 e em 1976/77. Presidiu o clube em 1982/83 e foi 1º vice-presidente de 2002 a 2006.

Seu Arthur tinha 58 anos de vida dedicada ao clube. Participou de vários momentos importantes do Internacional. Lamentavelmente ele não vai poder ver o Centenário daqui. Ele que era o presidente da Comissão do Centenário.

Seu Arthur participou de várias conquistas com o Internacional dentre elas:

– 1956 – Campeão Juvenil Federação Gaúcha De Futebol
– 1960  – Campeão Juvenil Federação Gaúcha De Futebol
– 1961 – Bi-Campeão Juvenil Federação Gaúcha De Futebol
– 1964 – Campeão Juvenil Federação Gaúcha De Futebol
– 1967 – Vice Campeão do Torneio Roberto Gomes Pedrosa
– 1975 – Campeão Brasileiro como Assessor da Vice-Presidência de Futebol
– 1976 – Bi-Campeão Brasileiro como Vice-Presidente de Futebol
– 1979 – Tri Campeão Brasileiro Invicto como Assessor da Vice-Presidência de Futebol
– 1982/1983 – Bi-Campeão Gaúcho de Futebol como Presidente
– 1982 – Campeão do Torneio Joan Gamper (Barcelona – Espanha)
– 1983 – Campeão do Torneio Costa do Sol (Málaga – Espanha)
– 1983 – Campeão Torneio Costa do Pacífico em Vancouver – Canadá
– 2006 – Campeão da Copa Toyota Libertadores como 1º VP (Gestão Fernando Carvalho)
– 2006 – Campeão do Mundo – FIFA

A semana tricolor também começou de forma estarrecedora mas por outro motivo, no domingo um bando de vagabundos ditos torcedores provocaram cenas lamentáveis perto do olímpico após o jogo contra o Coritiba uma facção da torcida organizada (desorganizada) geral  denominada GAS (geral ataque surpresa), trocou tiros com integrantes de outra torcida organizada a máfia tricolor, o pior do que trocar tiros em meio a uma das avenidas mais movimentadas de Porto Alegre foi o motivo pelo incidente.

Um dos motivos foi uma bandeira com o rosto do ex-jogador Everaldo, que desagradou a facção racista da organizada (desorganizada) Geral do Grêmio, a Geral Ataque Surpresa – que não gosta de negros, homossexuais e mulheres. A bandeira é de uma série com estampas de ídolos negros do clube, parte de uma campanha anti-racista.

O saldo das cenas de selvageria foram de duas pessoas gravemente feridas, as noticias aqui em Porto Alegre dão conta de que o carro em que saiu a pessoa que disparou contra os feridos seria de um conselheiro do Grêmio.

Um pouco do histórico de confusões da desorganizada geral do Grêmio:

•    23/10/2004 – Em Gre-Nal, um carrinho de pipoca é atirado no gramado do Olímpico. O clube perde mando de campo por dois jogos.
•    9/4/2006 – Torcedores depredam banheiros do Beira-Rio no Gauchão.
•    30/07/2006 – Em Gre-Nal no Beira-Rio, membros da Geral queimam banheiros químicos e apedrejam bombeiros. O Grêmio perde mando de três jogos. Dez suspeitos são denunciados e absolvidos por falta de provas.
•    17/1/2007 – À espera do goleiro argentino Saja, gremistas agridem o presidente colorado Fernando Carvalho, no Aeroporto Salgado Filho.
•    22/8/2007 – A PM evita briga de colorados e gremistas no Estadual de Juniores, no Beira-Rio.
•    28/9/2008 – Em Gre-Nal no Beira-Rio gremistas derrubam a divisória que os separava dos colorados – 16 detidos.

Evandro Feltrin é torcedor colorado e traz ao FLANEWS semanalmente as notícias do futebol do sul do país.

h1

Futebol dos pampas

15/11/2008


Mais uma vez o colorado mostrou sua força na sul-americana, venceu o Chivas na noite de quarta pelo placar de 2 x 0, mas mais importante do que ver o time vencer foi a boa atuação do time. O meio de campo colorado dominou o jogo do inicio ao fim e municio o ataque que constantemente levou vantagem sobre a defesa adversaria, na noite de ontem apenas uma coisa e deixou preocupado, a defesa colorada mesmo jogando com 4 zagueiros deixou 3 vezes os atacantes do Chivas em vias de marcar, alias o time adversário só não marcou por incompetência de seus atacantes, estamos no caminho certo e só melhorar um pouco a defesa e com certeza seremos campeões da sul-americana.

O grêmio mais uma vez se superou no campeonato e surpreendeu a todos no jogo de domingo, em um jogo em que só os gremistas achavam que poderiam vencer o palmeiras, o grêmio foi la no parque antártica e venceu o porco dando um passo importante para conquistar uma vaga na libertadores de 2009. O tricolor gaúcho foi melhor o tempo todo e inclusive poderia ter virado o 1º tempo vencendo, Marcel esteve na cara de marcos e conseguiu o mais difícil errar o gol. Para os colorados é difícil admitir mas o grêmio esta com um pé na libertadores de 2009, só não disputara a competição se for muito incompetente.

Evandro Feltrin é morador de Porto Alegre e torcedor do Internacional. Escreve semanalmente a coluna Futebol dos Pampas trazendo as novidades do futebol do Sul do Brasil.

h1

Futebol dos pampas

26/10/2008

Busquei no dicionário a definição para a palavra craque: jogador famoso por sua destreza, pessoa eximia em qualquer ramo ou atividade. Invariavelmente, em se falando da grande jornada esportiva do Inter na noite de quarta 22 de outubro devemos falar de Alex o grande camisa 10 do colorado, passou por ele as grandes jogadas e com duas bombas de fora da área o Internacional venceu o Boca e com isso leva uma grande vantagem para o jogo da volta em Buenos Aires no dia 06 de novembro.

Seguindo a definição do dicionário podemos afirmar que Alex é craque? Na minha opinião sim, Alex é jogador diferenciado, chama o jogo para si, resolve nos momentos em que o craque tem que aparecer, à noite de quarta ficará na memória dos 40.000 colorados que compareceram ao Beira-rio, como a noite em que talvez o único craque em atividade no futebol brasileiro tenha calado o Boca.

Enquanto isso na noite de quinta o Grêmio, mesmo sem mostrar um futebol convincente, conseguiu derrotar o Sport e segue líder do campeonato, o técnico Celso Roth contou com a volta do meia Theco e alterou o esquema tático para o 4-4-2, para que pudesse acomodar os meia que voltava de suspensão e a revelação gremista Douglas Costa, por falar no guri até jogou um bom primeiro tempo, mas sucumbiu a marcação adversária no segundo tempo.
Agora o tricolor gaúcho colocou pressão em seus adversários diretos, ou palmeiras e cruzeiro vencem seus jogos ou o tricolor abrira 4 pontos em relação a ambos. Nota para o São Paulo que até sábado é o novo vice-líder.

Falando em futebol gaúcho não posso deixar de dar os parabéns ao xavante (Brasil de Pelotas), pela brilhante campanha na série c, na noite de quarta ganhou do campinense com uma sonora goleada de 4 x 0, vale lembrar que o xavante não conta com um grande patrocínio e a federação gaúcha não esta apoiando o time, suas viagens são patrocinada pela sua fanática torcida, parabéns xavante!!! O Rio-grande torce para que tenhamos mais um time na serie b no ano que vem.

Evandro Feltrin é um colorado fanático e escreve sobre o futebol gaúcho no FLANEWS.

h1

GRE-NAL

25/09/2008

 

O Gre-Nal é talvez, a maior paixão do povo gaúcho. Nada mais motiva, nada mais mexe com as questões mais profundas da alma do Rio Grande do Sul que o encontro dos dois maiores clubes do estado.

Desde 1909, quando se enfrentaram pela primeira vez, o jogo se tornou um marco para as duas torcidas. Aonde quer que existam um gremista e um colorado, dia de Gre-Nal é sagrado. Não importam os compromissos particulares, profissionais ou familiares, todas as atenções serão sempre voltadas para a partida de futebol.

 

GRENAIS MARCANTES PARA OS COLORADOS

O Internacional sempre venceu em jogos decisivos ou cercados de circunstâncias especiais. Foi assim na inauguração da nova bandeira do Grêmio (7 a 3) e na inauguração do Olímpico (6 a 2). No aniversário de 200 anos de Porto Alegre, o colorado também se saiu vitorioso. Somente em 2004, o Internacional venceu o Grêmio no dia do seu aniversário (2 a 1 pelo Gauchão dia 4 de abril), e no aniversário do rival (2 a 0 pela Copa Sul-Americana no dia 15 de setembro), feito homenageado pelos torcedores com um irônico e bem-humorado “Parabéns pra você”. E, é claro, acabou sendo colorado o milésimo gol em Gre-Nais. Foi também o Inter o primeiro (e até o momento, único), time a superar a barreira dos 500 gols no clássico com um gol de Almir em 1999.

 

GRENAIS MARCANTES PARA OS GREMISTAS

Acredito que para os gremistas os Gre-nais que mais marcaram a historia foram os dois primeiros clássicos da história com vitórias marcantes, o primeiro foi pelo placar de  10 x 0 para o Grêmio e segundo foi 6 x 0. Outro Gre-nal marcante ocorreu no ano de 1935, conta a lenda que para o Inter bastava o empate para então ser campeão da cidade de POA, o jogo estava empatado até os 35 min do segundo tempo, então quando a torcida do Inter já comemorava o título o Grêmio fez o primeiro gol e aos 40 min sacramentou a vitória, reza a lenda que neste jogo Eurico Lara goleiro do Grêmio na época morreu em campo após defender um pênalti. Outro Gre-nal marcante aconteceu em 1977, após 8 titulos estaduais consecutivos do Inter o Grêmio montou um time que mesclava veteranos com jovens e quebrou a serie invicta do Inter.

ESTATÍSTICAS DO GRE-NAL

Jogos: 372

 Vitórias do Internacional: 137

Vitórias do Grêmio: 118

Empates: 117

Gols do Internacional: 528

Gols do Grêmio: 495

Logo chegamos a conclusão que o Inter é muito superior ao co-irmão, como mostram os números acima.

O GRE-NAL de domingo.

Conversando com gremistas e colorados não dá para chegar a uma conclusão de quem é o favorito para este Gre-Nal (porque será?). Mas em minha opinião, existem dois motivos que me levam a crer que o COLORADO sairá vitorioso deste confronto: 1° – O Grêmio entra em campo pressionado pelo Palmeiras que está a apenas um ponto e poderá acabara rodada com 2 atrás, caso o Palmeiras vença o Náutico (nada fora do normal), 2°  – Este é o derradeiro jogo para o Inter, ou vence o Gre-Nal ou as esperanças de disputar a Libertadores no ano do centenário ficarão bastante distantes.

Evandro Feltrin é gaúcho e colorado de alma. Escreve no Flanews a convite da administração e “tenta” ser imparcial na sua análise do grande clássico do Rio Grande.