Posts Tagged ‘cuca’

h1

Coluna do Carlinhos

30/10/2009

COCO_GLUPAs chances são ainda remotas, mas não interessa. Agora chegou a hora de mostrar dignidade, honradez e apreço pela vitória, com muita humildade. Só assim poderemos honrar as 3 cores. E foi o que foi feito ontem. Quando torcida e time se uniram para ganhar uma decisão. Foi uma vitória de todos.

Tenho estado até calmo, mas ao subir a rampa do Belini ontem, vi que estava nervoso. Meu inconsciente já sabia que era tudo ou nada. Começa o jogo e parecia que o time que estava disputando a liderança era o das 3 cores. Seguro, bloqueando as jogadas de ataque do organizado Galo mineiro, que afinal também tinha que sair para o jogo, não tardamos a fazer o gol, num pênalti cristalino que o Fred quase cai sentado para converter. Outra paradinha destas e o que vai parar é o meu coração.

Depois, o toque de bilhar do Conca para matar o Atlético. Cocoricó! Acordam de vez os 13.000 tricolores no estádio. Depois da falha de Rafael (Está com crédito mas estava nervoso ontem) e do gol do Tardelli, O Fluminense, encorpado e organizado, consegue ainda criar várias chances e ganha o jogo com méritos.

Impressionou-me que um time medíocre como este do Celso Roth esteja nas cabeças. O campeonato está aberto porque está tudo nivelado (por baixo) e qualquer coisa pode acontecer.

Méritos ao Cuca, que vem conseguindo que sua equipe evolua a olhos vistos. Efetivamente o que vemos em campo hoje parece um time. Apesar, ou graças às barrações dos medalhões e das aberrações (João Paulo, argh!), ele vem conseguindo acertar o time e a cada jogo acontecem atuações individuais melhores, como as do Mariano e Diguinho, e coletivas, com o Equi equilibrando o meio e mostrando que tem que ser titular ao lado do Conca. Hoje vemos tabelas no ataque e saída para contra-ataques. Faltam ajustes na defesa, mas agora podemos pelo menos lutar e pelo menos hoje não preciso pensar se o Cuca sabe ou não gerir elencos.

As notas tristes vem da imprensa, que continua seu trabalho sujo de desestabilização do Fluminense. Hoje o Lance deu matéria dizendo que se o Cuca perdesse, seria substituído pelo Branco. Notícia esta que já foi desmentida por pessoas ligadas ao Mário Bittencourt e que provavelmente será desmentida no site oficial do clube. Após uma vitória maiúscula como a de ontem, qual o objetivo de se plantar uma notícia falsa como esta na manhã seguinte? Enquanto que este Sr. Milton Neves usa de seu espaço na rádio Bandnews para alardear que o Atlético foi roubado (!!!!!!!!) ontem e que está em andamento uma operação salva-carioca. No Globoesporte.com, é dado o destaque a uma entrevista do Fabinho (que não jogou nada, nada, nada) reclamando do Cuca. Ele tinha que enfiar a viola no saco e sair de fininho. Numa semana decisiva vai se dar destaque a isso porque? Acho tudo muito esquisito.

Por essas e por outras que a grande imprensa, escrita, falada e televisada vem perdendo público mundialmente. Mas, hoje, deixa falar porque nós estamos vivos! VIVOS!

Anúncios
h1

Olé à gaúcha

22/06/2009

Nada como uma semaninha na Serra. Time concentrado, comissão técnica unida. Apesar, ainda, de algumas notícias desencontradas, la foi o Flamengo ao Maracanã enfrentar o Internacional.adriano-flaxinter

Internacional que veio muito desfalcado. Nilmar e Kleber na Seleção Brasileira. D’Alessandro e Magrão machucados. E no vestiário, foi vetado para a partida o garoto Taison, que havia jogado bem contra o Corinthians na final da Copa do Brasil.

Cuca sabia que precisava vencer. Uma derrota em casa, provavelmente, o faria acordar na segunda feira como mais um da estatística do desemprego. E assim, armou o Flamengo para pressionar o adversario desde o início e forçar as jogadas no atacante Adriano.

Aos 12 minutos, a zaga do Inter parou pedindo impedimento num lançamento pela esquerda e Adriano apareceu na cara de Lauro. O Imperador deu um leve toque e abriu o placar. Depois do gol, o time gaúcho continuou confuso em campo, até abusando de faltas (item no qual o argentino Guinazu é campeão). O Flamengo recuou um pouco esperando chance em contra ataque. Que logo apareceu… Leo Moura fez boa jogada pela ponta direita e cruzou. Ibson se antecipou e deu lindo passe deixando Emersom na cara do gol. Flamengo 2×0.

adriano_golE assim ia terminar o primeiro tempo. Mas, numa falta cavada por Emersom, Adriano cobrou com perfeição, colocando sobre a barreira, no canto esquerdo do goleiro Lauro. Ali, praticamente matou o jogo.

E o segundo tempo, virou treino. O Inter tentava alguns ataques, mas o Flamengo tinha o controle do jogo. E finalizou o placar num belissimo lançamento do Juan para o Léo Moura, que sofreu penalty. Adriano pegou a bola e bateu. Gol! 3 gols no jogo, o que os ingleses costumam chamar de hat trick.

Que conclusões podemos tirar desse jogo?

fla_x_interO Flamengo não tem o melhor time do campeonato. Mas também não tem o pior. Os jogos contra Sport e Coritiba foram estranhíssimos. A diretoria levou o time para Teresópolis e pelo menos, o ambiente parece ter melhorado bastante. Mas esse grupo já teve boas atuações em outras oportunidades e todos sabemos que qualidade não falta. Se vai ter continuidade, não sabemos, e talvez nem o Cuca.

O Inter, com muitos desfalques e com o foco ainda na Copa do Brasil. Sem falar no jogo da Recopa Sulamericana contra o LDU na próxima quinta feira. Apesar dos desfalques, estavam em campo alguns festejados titulares colorados, como: Lauro, Guinazu, Indio, Alvaro e Sandro. A cobrança vai aumentar no Beira Rio se o resultado contra o LDU não for bom. Na outra semana, tem o Corinthians em casa precisando reverter vantagem de 2 gols. Definitivamente, os colorados já tiverma dias melhores.

h1

A bagunça

17/06/2009

Sejamos honestos. O C.R. Flamengo é uma bagunça.Cuca_Flamengo_Show

O técnico atual, completamente abandonado pela diretoria. Diretoria esta que discute entre si sobre contratações e medidas para o futebol do clube.

Ja surgem na mídia notícias de que querem trazer: Geninho, Sergio Guedes ou Renato Gaúcho. Nenhum deles empolga o mais fanático dos flamenguistas. Ah, mas vão trazer o Joel. Pára tudo!

Até quando o Flameno viverá contratando e recontratando o ilustre Joel Natalino? O Joel é melhor que o Cuca? Será que o Kleber Leite acha que o Natalino vai tirar o time da lama em todas as vezes que for contratado?

O que deve ser feito no momento é avaliar se o Cuca tem realmente condições e clima para dar a volta por cima e liderar esse grupo. Mais do que isso, o técnico precisa de respaldo. Ilhado e sem apoio, ele vira um coitado nas mãos de jogadores mimados como tem o Flamengo. Se vão fazer isso, não sabemos. Não é o que parece. A queda de Alex Stival parece ser questão de dias. A nós, só cabe torcer para a Africa do Sul para manter o boêmio treinador do outro lado do oceano Atlantico.

Os casos de insubordinação se sucedem. Inconformismo com treinos em dupla jornada. Faltas por motivos banais. Descontentamento com a carga de exercícios. Enfim… Uma vergonha. E, ninguém faz absolutamente nada! Não existe ambiente de trabalho que sobreviva a essas questões. Assim como acontece nas ruas do Rio hoje em dia, o Flamengo precisa de um choque de ordem. O salario ta em dia? Faltou o treino? 10% de multa nos vencimentos. E assim as coisas começam a ter ordem.

Mas, esperar: organização, planejamento e seriedade destas pessoas que dirigem o clube de maior torcida do país atualmente é um sonho distante.

Enquanto isso, nós continuaremos a ver eventuais goleadas vexatórias para times de menor expressão.

h1

À espera da quarta feira

20/05/2009

Os brasileiros assistirão a 2 grandes jogos nesta quarta feira, pelas quartas de final da Copa do Brasil 2009. Vamos as análises.

INTERNACIONAL x FLAMENGO

Depois do 0x0 no Rio de Janeiro, que diga-se de passagem ninguém achou ruim, os 2 grandes se encontram para o tira teima no Beira Rio. Os colorados não contarão com Magrão e Bolívar. O Flamengo, ainda não terá Adriano. Expectativa de estádio lotado e pressão imensa do time gaúcho.

Cuca deve estar pensando no que fazer para sair de Porto Alegre classificado às semifinais. Ele sabe que a tarefa será complicadíssima. Pelas suas entrevistas na semana e as notícias que vêm dos treinos, é possível prever que ele não quer o Flamengo defensivo, chutando bola pra frente, com a maioria do time dentro da área. Isso seria suicídio, atuando contra o talentoso ataque colorado em sua casa. É possível que Obina e Zé Roberto apareçam na equipe, talvez até de início. Se quiser ter sucesso, será necessário encarar o Internacional. E esperar que o ataque desencante…

Do outro lado, Tite estuda a forma de melhor aproveitar a qualidade ofensiva de sua equipe. Para que o jogo não vire um “Deus nos Acuda” para o time da casa, é proibido levar gol do Flamengo. O letrado treinador colorado deve colocar sua equipe no ataque, mas sem esquecer dos cuidados nas laterais, já que Juan e Leo Moura são muito perigosos nos contra ataques. O Internacional espera que D’Alessandro e o jovem Taison participem mais do jogo do que fizeram no Maracanã.

FLUMINENSE x CORINTHIANS

O clube tricolor carioca precisa tirar a vantagem de 1×0 que seu rival conquistou em São Paulo. Durante a semana foram muitas provocações de ambos os lados.

Carlos Alberto Parreira terá que sair da sua linha mais “segura”para levar o Fluminense às semi finais. O argentino Conca deve voltar ao time. A dúvida é quem sai… Mauricio ou Marquinho. Que coisa! A torcida tricolor deve encher o Maracanã e espera ver uma grande atuação de Fred, seu artilheiro, que fora algum brilho no Carioca, não fez muito ainda na sua volta ao futebol brasileiro.

No lado paulista, muita confiança. O Corinthians terá Ronaldo e poderá ter a volta do zagueiro Willian. Terá também um time seguro. Mano Menezes é um técnico “estudioso” do futebol resultado… Da mesma linha de Muricy Ramalho. Seus times dificultam a vida do adversário antes de facilitar a sua própria. Será difícil fazer gol na defesa armada por ele.

h1

Ataque… de coração (2).

17/05/2009

Para um jogo em que se repetem os mesmos erros do meio de semana, ja listados no texto abaixo, o melhor a fazermos é manter o mesmo título. O problema é o nível do adversário. Uma coisa é empatar perdendo gols contra o forte Internacional, outra é contra o no máximo, esforçado, Avaí.

O time da linda ilha catarinense veio ao Maracanã para não perder (se perder, que não fosse de muito). E conseguiu seu objetivo. Chegou até a perder algumas chances, mas nada que se possa lamentar muito.

O Flamengo segue seu calvário da falta de gols. Já são 3 jogos. As chances aparecem, mas a bola não entra. O limitado (ou seria esforçado?) Josiel teve pelo menos 3 boas oportunidades. O goleiro defende, o joador fura, o zagueiro tira. Tudo acontece… E a bola não entra… Chega a ser constrangedor.

Josiel se lamenta por mais um gol perdido.
Josiel se lamenta por mais um gol perdido.

Um capítulo à parte foi a substituição desastrada do Cuca. No segundo tempo, visando melhorar a criação, ele colocou o garoto Erick Flores. Que protagonizou uma das piores atuações individuais de um jogador no Maracanã no ano. Errou simplesmente TUDO o que tentou. Parecia um menino numa pelada de adultos. Os adversários lhe tomavam a bola com extrema facilidade. Irritante. É mais um que merece melhor avaliação da comissão técnica.

Na próxima quarta, o Flamengo vai a Porto Alegre enfrentar o Internacional pela Copa do Brasil. Para se classificar será preciso vencer ou empatar com gols. Aí é que está a questão. O gol. Um dificuldade pra time Rubro Negro nos últimos jogos.

h1

Ataque… do coração.

14/05/2009

Flamengo x Internacional deram início na noite de ontem ao mais aguardado confronto das quartas de final da Copa do Brasil. O time gaúcho chegava credenciado pela excelente campanha no campeonato estadual e trazia Nilmar, autor do gol mais bonito do ano, até o momento, marcado no último domingo, contra o Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro.fla_x_inter

Nos primeiro minutos o Inter fez uma marcação por pressão, adiantada, que dificultou muito a vida dos rubro negros. Mas, logo o Flamengo tomou conta da situação e passou a mandar no jogo. Porém, com aquela situação já comum em 2009. Domina o jogo mas não converte as chances. No primeiro tempo, forma pelo menos 3, claras de gol (2 bolas na trave).

No segundo tempo, o jogo continuou da mesma forma. Kleberson perdeu chance incrível numa boa jogada de Ibson (que novamente jogou bem). No final, o Flamengo com os 2 bondes no ataque (Obina e Josiel), foi o Inter assustou com uma bola trave de Andrezinho (aquele mesmo) e uma defesa sensacional do Bruno no rebote.

A realidade do confronto é que o favorito para chegar as semi finais continua sendo o Internacional. Mas ficou a sensação de que desperdiçaram boa oportunidade de complicar o confronto. O time armado pelo Tite (retranqueiro) foi extremamente defensivo no Maracanã. Os meias tocavam bola pro lado e em uma ou outra hora, davam chutões pra frente esperando que o ótimo Nilmar se virasse contra seus 2 marcadores. O Internacional, pelo time que tem, poderia ter atacado mais o Flamengo no Rio. Se fizesse um gol no Maracanã, a fatura estaria praticamente liquidada. Tenham a certeza de que os mais de 50.000 torcedores que foram ao ex-maior do mundo esperavam ver um Inter bem mais envolvente e aguerrido.nilmar_x_flamengo

O Flamengo, pode se orgulhar de ter enfrentado, e dominado, 2 dos principais times do Brasil na atualidade em 3 dias. Se restava alguma dúvida ao torcedor Rubro Negro que há esperanças no Campeonato Brasileiro, a resposta está dada. Com o reforço de Adriano no ataque, as coisas tendem a melhorar. A diretoria corre atrás de um zagueiro para substituir Fabio Luciano.

Ah, o Flamengo tem chance de passar pelo Inter no Beira Rio? Claro. Deve ser complicadíssimo, mas não é improvável. Um gol rubro negro (por mais que eles andem raros) no estádio colorado complica a vida do dono da casa. Transforma o jogo num Deus nos Acuda. Que Cuca e sua turma tenham equilíbrio necessário para essa emocionante disputa.

Imperdível, na quarta que vem.

h1

Erros e Acertos

05/05/2009

Passadas as finais, de cabeça inchada vamos tentar fazer uma humilde revisão em cima do que escrevi no começo do ano para o campeonato carioca.

O Flamengo era e sempre foi o favorito. Praticamente uma barbada. Só balançou por causa dos agitos internos, tudo previsto, normal, assim mesmo teve o título por um fio. Se segurou muito decentemente no 2º turno e foi campeão com total justiça. Apesar de não ser fã, que bom que o agourento Cuca tenha sido finalmente campeão, pois é uma injustiça o que eu mesmo falei aqui chamando-o de pé-frio. O cara tem capacidade e força de vontade. Ainda vamos ouvir falar muito dele no futuro, mas foi nesse ano a minha vaca tricolor foi pro brejo. Acabou-se a hegemonia estadual, e, muito mais que isso, parte da auto-estima tricolor. Gravíssimo!

Sobre este clube das Laranjeiras, meus piores temores se confirmaram. Previ uma final de Taça Rio para ele. Quando o time parecia que ia dar alguma liga, fracassou num retumbante 1×0 que ainda me tira do sério. Sabia que era complicado mudar de time todo ano e errou-se feio nas contratações de defensores, comprometendo investimentos enormes para os padrões vigentes. O Flamengo tem 7 jogadores que jogaram o tricampeonato todo. Do meio para a frente o time é mesmo muito bom. Mas quando este time começar a pegar conjunto, estaremos no final do 1º turno do brasileiro. Isso se arrumarem a defesa. Achei que a contratação do ano seria o Fred. Não foi. Foi o Gordo! Sequei a baleia de tudo quanto era jeito mas o cara é feito de Teflon. Deitou e rolou.

Já com o Botafogo, errei tudo. O Presidente-Dentista me surpreendeu, colocando a casa em ordem e em apenas 3 meses pagando em dia. (Bebeto? Como vai o seu Atlético?) Para mim a zebraça-aça-aça, o Botafogo mostrou padrão de jogo com o catimbeiro Ney Franco. Suas contratações desconhecidas e subvalorizadas por este cronista deram as caras e jogaram bola. Foi extremamente irritante perder a semifinal da Taça-GB. Um comentário: A presença da torcida do Botafogo na final foi uma das coisas mais pífias que eu já vi. Lamentável. Se a própria torcida não acredita, o que mesmo que o jogadores foram fazer lá? De novo?

Bem, com o Vasco até que fui bem, apesar de alguns lampejos do Carlos Alberto. Mas não tenho ouvido falar do moço. O Dorival continua com um pepinaço nas mãos e o time é isso aí que estamos vendo (pouco, ainda bem). Não deu pra animar o torcedor vascaíno não. A mim muito menos.

Carlos Clark é tricolor, e não desistirá de usar sua bola de cristal embaçada. Colabora com a FLANEWS com notícias e impressões do futebol carioca.