Posts Tagged ‘Botafogo’

h1

Nada está perdido

01/12/2009

Como vir aqui e falar mal do time tri-campeão seguido, seis vezes no total, deste campeonato que, ao meu ver, só não é melhor que a Premier League?

Como vir aqui e dizer que a vitória do Goiás não foi merecida? Um time que marca 4 golaços, na mesma partida, que marcou impiedosamente, que fez o que quis pela ala esquerda são paulina?

Como vir aqui e dizer que o Flamengo não vem jogando mais, que o Inter tem um belo time e que a porcada ressuscitou na última rodada?

Agora, o que não dá pra falar mesmo é que este campeonato está decidido! Porque não está! Os anti-são-paulinos estão felizes, foram a forra depois da última rodada mas, digo uma coisa: CUIDADO! Neste campeonato maluco em que nenhum time merece mais que o outro ser campeão, pode ter um fator decisivo domingo que vem: sorte de campeão!

Santo André jogando as últimas fichas contra o Inter, Palmeiras contra um Botafogo desesperado e Flamengo contra um Grêmio que deve, em teoria, mostrar que acima de tudo honra suas cores…é amigos, ainda pode dar São Paulo!

Como sempre estamos ali, prontos para o bote! O filme não acabou, está mais dramático, mas o final ainda não foi decidido.

Eu, e toda a torcida tricolor, acredito!

Vamos sem pressa rumo ao Hepta!

Diego Honorato é publicitário, são paulino e não dúvida que a segunda-feira que vem será muito mais agradável que a dessa semana (rs..)

Anúncios
h1

Agonia e superação

23/11/2009

Jogaço! Botafogo x São Paulo foi o equivalente a uma final de campeonato, se existisse final em pontos corridos. A diferença e que não existe uma final, mas várias.

O Botafogo podia até ter perdido, mas todos os torcedores teriam a mesma sensação de orgulho desse time, que enfrentou o líder do campeonato com a corda no pescoço e uma coisa não faltou. Coração. O time é limitado sim, mas nesse domingo, foi impressionante a garra, a luta e a entrega dos caras em campo.Principalmente se considerarmos que eles jogaram boa parte do segundo tempo na zona do rebaixamento já que o Flu ia passando por cima do desmotivado e rebaixado Sport.

Jobson comemora seu segundo gol contra o São Paulo.

Um jogador em especial, só faltou fazer chover no calor escaldante do Engenho de Dentro. Jobson. É o nome do garoto que infernizou a defesa são paulina. Com direito a terceiro gol deixando o selecionável Miranda com o traseiro no gramado.

O São Paulo chegou cheio de si ao Engenhão e saiu com gosto de cabo de guarda chuva na boca. Mostrou a conhecida frieza e teve lá suas chances de vencer o jogo, com bolas na trave e etcc… Mas foi muito pressionado e sentiu bastante as ausencias de Jean e Dagoberto, principalmente, que dá velocidade ao jogo e faz interessante parceira a Washington no ataque.

O Botafogo não esta livre da possibilidade de jogar a série B em 2010. Mas essa atuação encheu de esperança o sofrido torcedor alvinegro.

h1

Yes, we break tabus: 2

25/10/2009

placar_bota_fla

Mais uma prova para quem queria inventar mais um “tabu” para o Mengão. Quebramos a tal mania de empatar por 2×2 em todos os jogos com o Foguinho. Genial.

h1

E ninguém cala…

31/08/2009

O Botafogo empatou com o Grêmio no Engenhão (ou Vazião, como sempre) por 3×3 num jogo em que tinha tudo pra vencer mas quase perdeu.andre_lima

O jogo já tinha ingredientes interessantes antes de começar. O Botafogo, com enormes dificuldades de vencer em casa e o Grêmio, com uma campanha em que praticamente inexiste  quando sai de Porto Alegre (Talvez fosse mais inteligente economizar as passagens).

O Gremio contou com boa atuação do atacante Jonas, que quase conseguiu perder o primeiro gol de forma inacreditável.

E o mais chorão de todos os clubes brasileiros arrumou hoje mais algumas reclamações para sua extensa lista.

2 lances chamam a atenção e despertam a ira da estrela solitária.

No segundo gol gremista, o lateral cruza após a bola ja ter saído pela linha de fundo. O lance é claro, mas muito rápido, e na realidade, quem deveria ter apontado a saída da bola era o assistente, que estava mais próximo. Para o juiz, era difícil mesmo.jonas_gremio

O outro lance é claramente de interpretação, pois o árbitro estava próximo. O lateral Alessandro entra na area e cruza, a bola bate nitidamente na mão do jogador gremista mas o juiz entende que não foi intencional. Segue o jogo.

Esse Botafogo de 2009 me lembra muito a Portuguesa de 2008. Joga relativamente bem, encara times mais poderosos de frente, com esquema bem armado, mas leva gols bobos e se complica. A Lusa, todos sabem, acabou na série B.

Diferente do Fluminense, que parece ja estar treinando para a Série B 2010, ainda há chance para o Botafogo sobreviver. Existem times piores no campeonato e o técnico Estevam Soares tem condições de dar padrão de jogo à equipe e conquistar os pontos que mantenham o alvinegro na Série A.

h1

Brasileirão 2009 – terceira rodada

25/05/2009

Foi um fim de semana em que o FLANEWS não teve atividade, por conta de uma viagem. E também para descansar um pouco desse negócio de posts diários. Enfim, baterias regarregadas, vamos a algumas ntoinhas sobre a rodada do Campeonato Brasileiro 2009.

  • No sábado, o Corinthians com time misto e sem Ronaldo, recebeu o Barueri (Gremio Barueri é um nome horrível) e não conseguiu vencer a equipe do atacante Pedrão. 2×1 para o Timão com direito a gol de Souza, o criticado!
  • O Cruzeiro foi anfitrião do Vitória e a diferença técnica entre os 2 times ficou evidente no placar de 2×0, com os dois gols marcados pelo distribuidor de cotoveladas Kleber.
  • Em Goiânia, o Internacional com 7 reservas encarou o Goiás. O time gaúcho foi até pressionado mas conseguiu fazer o gol da vitória no fim do segundo tempo com o garoto Taison.
  • Já no domingo, Palmeiras x São Paulo empatarm no Palestra Italia num jogo com arbitragem polêmica e grande atuação dos goleiros. Marcos segue em 2009 com uma regularidade ade atuações de alto nível. Já o São Paulo, chegou a 2 pontos mas Muricy pareceu não estar tão preocupado com isso na entrevista coletiva.
  • No Maracanã, aconteceu a primeira goleada do campeonato. O visitante Santos não tomou conhecimento do confuso e mal treinado Fluminense e marcou 4×1. Como registro, a expulsão do lateral tricolor Eduardo Ratinho após entrada grosseira no garoto Neimar.
  • Gremio x Botafogo foi um jogo mais ou menos como Cruzeiro x Vitoria. A diferença técnica é muito grande entre os 2 times e só com muita sorte o time carioca conseguiria um bom resultado em Porto Alegre. O gremio lutará na parte de cima da tabela e o Botafogo na de baixo.
  • Na Arena da Baixada, uma virada improvável do bravo Nautico contra o Atlético Paranaense. 3×2 com virada a partir de 2×0… O Furacão é bem fraco em 2009.
  • No ABC paulista, o Flamengo teve maioria da torcida contra o Santo André. Josiel (por incrível que pareça) resolveu um jogo que não foi fácil. Mas se o Rubro Negro aspira conquistas maiores nesse brasileirao, nao podia perder ponto para o pequeno time paulista.
  • O Sport ainda parece desnorteado após a eliminação da taça Libertadores. Perdeu em casa para o Atlético-MG por 3×2. Aliás, no Galo Mineiro, o criticado Celso Roth vem iniciando um trabalho interessante. Melhor esperar um pouco mais para falar a respeito.
  • Por fim, em Floripa, o Avaí recebeu o Coritiba. Chances para ambos os lados e o resultado final foi um apaziguador 2×2.
h1

Erros e Acertos

05/05/2009

Passadas as finais, de cabeça inchada vamos tentar fazer uma humilde revisão em cima do que escrevi no começo do ano para o campeonato carioca.

O Flamengo era e sempre foi o favorito. Praticamente uma barbada. Só balançou por causa dos agitos internos, tudo previsto, normal, assim mesmo teve o título por um fio. Se segurou muito decentemente no 2º turno e foi campeão com total justiça. Apesar de não ser fã, que bom que o agourento Cuca tenha sido finalmente campeão, pois é uma injustiça o que eu mesmo falei aqui chamando-o de pé-frio. O cara tem capacidade e força de vontade. Ainda vamos ouvir falar muito dele no futuro, mas foi nesse ano a minha vaca tricolor foi pro brejo. Acabou-se a hegemonia estadual, e, muito mais que isso, parte da auto-estima tricolor. Gravíssimo!

Sobre este clube das Laranjeiras, meus piores temores se confirmaram. Previ uma final de Taça Rio para ele. Quando o time parecia que ia dar alguma liga, fracassou num retumbante 1×0 que ainda me tira do sério. Sabia que era complicado mudar de time todo ano e errou-se feio nas contratações de defensores, comprometendo investimentos enormes para os padrões vigentes. O Flamengo tem 7 jogadores que jogaram o tricampeonato todo. Do meio para a frente o time é mesmo muito bom. Mas quando este time começar a pegar conjunto, estaremos no final do 1º turno do brasileiro. Isso se arrumarem a defesa. Achei que a contratação do ano seria o Fred. Não foi. Foi o Gordo! Sequei a baleia de tudo quanto era jeito mas o cara é feito de Teflon. Deitou e rolou.

Já com o Botafogo, errei tudo. O Presidente-Dentista me surpreendeu, colocando a casa em ordem e em apenas 3 meses pagando em dia. (Bebeto? Como vai o seu Atlético?) Para mim a zebraça-aça-aça, o Botafogo mostrou padrão de jogo com o catimbeiro Ney Franco. Suas contratações desconhecidas e subvalorizadas por este cronista deram as caras e jogaram bola. Foi extremamente irritante perder a semifinal da Taça-GB. Um comentário: A presença da torcida do Botafogo na final foi uma das coisas mais pífias que eu já vi. Lamentável. Se a própria torcida não acredita, o que mesmo que o jogadores foram fazer lá? De novo?

Bem, com o Vasco até que fui bem, apesar de alguns lampejos do Carlos Alberto. Mas não tenho ouvido falar do moço. O Dorival continua com um pepinaço nas mãos e o time é isso aí que estamos vendo (pouco, ainda bem). Não deu pra animar o torcedor vascaíno não. A mim muito menos.

Carlos Clark é tricolor, e não desistirá de usar sua bola de cristal embaçada. Colabora com a FLANEWS com notícias e impressões do futebol carioca.

h1

O personagem

04/05/2009

cuca_flaAlex Stival, o Cuca, tirou hoje um enorme peso das costas.

É o grande personagem do tricampeonato carioca do Flamengo.

Emotivo, passional e até melancólico, mas extremamente sincero. Honesto com suas crenças e esperanças. Uma raridade no meio do futebol.

Voltou ao Flamengo após um trabalho mal começado em 2005. Nos últimos 2 anos, foi vice dirigindo o Botafogo. Participou ativamente do vergonhoso episódio do chororô, no campeonato de 2008.

Foi criticado no início do ano quando respondeu às provocações da torcida botafoguense.

“Eu queria muito esse título. Agora, terei pelo menos um ano de paz para trabalhar tranquilamente sem cobranças.”- disse ele ao fim do jogo de ontem.

Ele precisava muito esse título. Quase se complicou. Mas conseguiu.

Parabéns, Cuca!