h1

Erros e Acertos

05/05/2009

Passadas as finais, de cabeça inchada vamos tentar fazer uma humilde revisão em cima do que escrevi no começo do ano para o campeonato carioca.

O Flamengo era e sempre foi o favorito. Praticamente uma barbada. Só balançou por causa dos agitos internos, tudo previsto, normal, assim mesmo teve o título por um fio. Se segurou muito decentemente no 2º turno e foi campeão com total justiça. Apesar de não ser fã, que bom que o agourento Cuca tenha sido finalmente campeão, pois é uma injustiça o que eu mesmo falei aqui chamando-o de pé-frio. O cara tem capacidade e força de vontade. Ainda vamos ouvir falar muito dele no futuro, mas foi nesse ano a minha vaca tricolor foi pro brejo. Acabou-se a hegemonia estadual, e, muito mais que isso, parte da auto-estima tricolor. Gravíssimo!

Sobre este clube das Laranjeiras, meus piores temores se confirmaram. Previ uma final de Taça Rio para ele. Quando o time parecia que ia dar alguma liga, fracassou num retumbante 1×0 que ainda me tira do sério. Sabia que era complicado mudar de time todo ano e errou-se feio nas contratações de defensores, comprometendo investimentos enormes para os padrões vigentes. O Flamengo tem 7 jogadores que jogaram o tricampeonato todo. Do meio para a frente o time é mesmo muito bom. Mas quando este time começar a pegar conjunto, estaremos no final do 1º turno do brasileiro. Isso se arrumarem a defesa. Achei que a contratação do ano seria o Fred. Não foi. Foi o Gordo! Sequei a baleia de tudo quanto era jeito mas o cara é feito de Teflon. Deitou e rolou.

Já com o Botafogo, errei tudo. O Presidente-Dentista me surpreendeu, colocando a casa em ordem e em apenas 3 meses pagando em dia. (Bebeto? Como vai o seu Atlético?) Para mim a zebraça-aça-aça, o Botafogo mostrou padrão de jogo com o catimbeiro Ney Franco. Suas contratações desconhecidas e subvalorizadas por este cronista deram as caras e jogaram bola. Foi extremamente irritante perder a semifinal da Taça-GB. Um comentário: A presença da torcida do Botafogo na final foi uma das coisas mais pífias que eu já vi. Lamentável. Se a própria torcida não acredita, o que mesmo que o jogadores foram fazer lá? De novo?

Bem, com o Vasco até que fui bem, apesar de alguns lampejos do Carlos Alberto. Mas não tenho ouvido falar do moço. O Dorival continua com um pepinaço nas mãos e o time é isso aí que estamos vendo (pouco, ainda bem). Não deu pra animar o torcedor vascaíno não. A mim muito menos.

Carlos Clark é tricolor, e não desistirá de usar sua bola de cristal embaçada. Colabora com a FLANEWS com notícias e impressões do futebol carioca.

Anúncios

4 comentários

  1. O trabalho no botafogo foi bem feito mesmo. Esse presidente deles é uma boa revelaçao no futebol carioca. Sem falar no Ney Franco, treinador competente e reconhecido por conseguir bons resultados com times medianos.

    O Flu foi a decepçào. Digo sempre que é uma pena o desperdídio de dinheiro la… Anos de muito investimento e poucos resultados práticos.

    Do Flamengo, acho que ja dissemos tudo.


  2. Queria ver o Ney Franco no Flu um dia.

    O Fluminense realmente… me tirou do sério… não tem tanta marola quanto na Gávea, mas quando é pra gerenciar mal, estão sozinhos. O time tem uma defesa horrível, um técnico mumificado e ainda perdemos a hegemonia. A Copa do Brasil poderia ser a salvação, mas com esta defesa?

    De qualquer jeito, quinta-feira estaremos lá no maraca…


  3. Mais uma excelente coluna, Carlinhos.

    E quero declarar aqui minha admiração ao esforçado Emerson, zagueiro do Botafogo durante a semana e atacante do Flamengo nos domingos.

    Pior vai ser os chorões reclamando que os gols decisivos que ele fez pelo Flamengo não valeram porque ele estava impedido!


  4. Adriano fechou com a gente!!!



Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: