h1

Análise caso a caso

12/12/2008

Seguimos no FLANEWS com a Série “Análise caso a caso”. As campanhas dos 20 times que disputaram a primeira divisão do Campeonato Brasileiro em 2008.

Figueirense

Depois de alguns anos na série A, o alvinegro catarinense voltará à segunda divisão. Com um time muito fraco tecnicamente, lutou entre os últimos durante todo o campeonato. De bom, fez reaparecer para o futebol brasileiro o meia atacante Cleiton Xavier, criado nas divisões de base do Internacional, mas que nunca havia passado de promessa. Já negociado com a Traffic, o jogador estará no Palmeiras em 2009.

figueira1Na esperança de tentar se livrar, a diretoria contratou Mário Sérgio. Um treinador que tem bem mais fama do que resultados. Amigo da mídia, mas discípulo da retranca e do antijogo, com ele o time afundou. Com a sequencia de maus resultados, Mário Sérgio caiu após derrota para o São Paulo no Morumbi. Para o seu lugar, veio o ex-volante Pintado (campeão no São Paulo de Telê Santana). O time melhorou e quase se salvou da degola. Dependia de uma vitória simples do Santos no Náutico na Vila Belmiro. Não rolou…

De qualquer forma, o clube parece não ter se abatido muito. Foi demitido o gerente de futebol Anderson Barros (ex-flamengo) e Pintado permanecerá no cargo de técnico em 2009. A meta é montar um elenco forte para a disputa da Série B em 2009 e lutar pelo acesso.

Náutico

Último a se salvar entre os que ficaram na Série A. Foi por muito pouco. Fez diferença a seu favor o caldeirão dos Aflitos. Apesar do gramado horrível (o pior da Série A), a torcida apoiou o time em vitórias importantes. Jogar lá sempre foi uma dificuldade para os visitantes, ou ninguém lembra do destrambelhado zagueiro botafoguense André Luis sendo algemado no campo?

nautico-gaArmado pelo técnico Roberto Fernandes com um esquema que liberava o lateral Ruy para jogar, o Nautico foi um time que fez muitos gols (44). Mas a defesa falhava demais e aí a conta não ajudou, pois foram 54 gols sofridos. E, como visitante foi um fiasco. Venceu apenas 2 jogos fora de casa (!!!)

Importante destaque também foi o atacante Felipe, autor de gols decisivos na luta para não cair.

Para 2009, incertezas. Por enquanto, o técnico Roberto Fernandes discute com a diretoria sua possível permanência. Pelo bem do Timbu, deveria ficar e começar desde ja o planejamento pois a rivalidade com o Sport por lá é fortíssima e o estadual pega fogo no primeiro semester.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: