h1

Eu sou Goiás Esporte Clube, eu sou Goiás…

24/10/2008

 

Não vou falar sobre a derrota de ontem – mais que normal sendo que o time Esmeraldino nada mais pode fazer no campeonato, a não ser confirmar a melhor campanha do segundo turno – grande coisa.

Vou falar do sentimento de se Esmeraldino que se confunde com a goianidade de um cidadão.

Uma coisa que muitas pessoas que nasceram fora do eixo Rio-São Paulo tem grande dificuldade de entender é: como pode uma mesma pessoa ser apaixonada por dois times ao mesmo tempo?

É inexplicável, mas nem tanto.

Racionalmente falando, por exemplo, temos tantos flamenguistas no interior do Brasil – em Goiás só dá Urubu – pois na década de 50, 60 e 70 era a Globo – RJ que transmitia os jogos para estes Estados. Não é atôa, que não temos uma torcida gigante do Santos fora da baixada, mesmo tendo Pelé jogado nele, por exemplo. Eram transmitidos, basicamente, jogos envolvendo times cariocas.

Mas todos sabem que quem fala alto mesmo é a emoção, e uma delas é o orgulho.

Seja o orgulho do seu time preferido ou do seu Estado de origem e, é aí, bem neste ponto, que o coração acha uma brecha e acolhe um dos times que representa seu Estado dentro dele.

No meu caso eu poderia ser Vila Nova, mas não. Resolvi me apaixonar pelo vitorioso Goiás Esporte Clube. Talvez não tanto quanto um Flamengo, Palmeiras, Vasco ou Cruzeiro, por exemplo, mas mais vitorioso que o arqui-rival (isto eu garanto!).

O sentimento bairrista que toma os torcedores no Serra Dourada, por exemplo, resume-se no seguinte trecho do hino do Goiás:

O nosso clube é a nossa glória / a nossa raça / nossa gente / nossa história / o amor pela nossa bandeira/ é para nós a maior vitória

É claro que o amor pelos dois times não é igual. Você, é claro, prefere que um seja campeão mais que o outro – caso essa dúvida cruel surja. Porém é bem claro para quem tem esse sentimento duplo, que é o meu caso, que, também citando o hino:

EU SOU GOIÁS! GOIÁS! ATÉ MORRER!

Também…..,

Diego Honorato é publicitário, tricolor e esmeraldino doente. Sabe que existem torcedores que torcem exclusivamente para o time do seu Estado, mas que isso não ajudaria na narrativa acima.

 

 

Anúncios

7 comentários

  1. Nos tornamos nacionais!!!!! de fato! Eu gosto do Goias, assim como o Guarani, me trazem boas lembranças em amistosos preparatórios….


  2. tricolor e esmeraldino? como é isso?


  3. Olá Rodrigo.
    Pensei ter respondido essa pergunta com meu texto acima.


  4. É complicada a relação… mas pra mim, time é que nem mãe, só tem uma.
    No mais, várias simpatias pelo mundo todo…


  5. Eu so queria saber porque o Goias nao atravessou o meio do campo no ultimo jogo. Deu a leitura demaracutaia, ja que nada mais disputa o esmeraldino de Goias. Estarei atento aos proximos jogos do ex-lider do segundo turno.


  6. eu sou goias ate morrer. te amo goias…………..


  7. “..Goiás miinha viida é vseê ..”



Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: