h1

A Balança e o Profissionalismo

02/09/2008

O cidadão aí da foto poderia ser um lutador de sumô… Ou Rei Momo do carnaval carioca… Na melhor das hipóteses, um peladeiro de meia idade… Mas, pra desespero dos botafoguenses, se trata do “reforço” para o ataque que veio da Argentina! Confesso que fique impressionado ao vê-lo em campo no segundo tempo do jogo de sábado contra o Nautico.

Como pode um jogador de futebol profissional se apresentar nessas condições?

Quem, no clube, o liberou para ser relacionado pro jogo?

Onde o Ney Franco estava com a cabeça quando o mandou entrar em campo?

Agora que descobriram que ele esta GORDO, vão mandá-lo pra academia?

Profissionalismo é isso…

Anúncios

3 comentários

  1. Impressionante , quando vi ele entrando em campo pensei que fosse um torcedor querendo abracar um dos jogadores, ele me fez lembrar um goleiro de um time do nordeste que agora nao me lembro , mas lembram dele , o famoso Juca Baleia. ahahaha


  2. Supercraques agora estão divididos em 2 categorias: metrossexuais mauricinhos (Beckham, Cristiano Ronaldo e Kaká) e gordos cabeludos (Ronaldo, Ronaldinho). O moço aí acima deve ter chegado à conclusão que para ser reconhecido como supercraque, não seria nunca como metrossexual mauricinho…

    Agora um fato constatado: até eu, se comer muito não consigo trabalhar. Por que essas pessoas acham que podem comer tanto assim??


  3. AHAHAHAHAHAH

    gordos cabeludos foi boa!

    Mais uma vergonha que o Botafogo protagoniza. No episódio dochororô, eu achei que eles ja tinham se superado.

    Vá pra casa, Bebeto! Sua imagem esta ficando arranhada pelo clube.



Comentários encerrados.

%d blogueiros gostam disto: